Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Encerramentos no Algarve? "Partilho a frustração das escolas e famílias"

O ministro da Educação lamentou esta manhã a suspensão de aulas presenciais em cinco concelhos do Algarve. Brandão Rodrigues recordou que a decisão foi tomada pelas autoridades de saúde.

Encerramentos no Algarve? "Partilho a frustração das escolas e famílias"
Notícias ao Minuto

12:00 - 29/06/21 por Notícias ao Minuto

País Brandão Rodrigues

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, lamentou, esta terça-feira, a suspensão das aulas presenciais do primeiro e segundo ciclo de cinco concelhos no Algarve. 

"O encerramento das escolas nestes cinco concelhos do Algarve é da responsabilidade das autoridades de saúde. Eu partilho a frustração das comunidades escolares e das famílias", admitiu o governante, em declarações aos jornalistas, à margem da inauguração das obras de requalificação da escola primária da Encosta do Sol, nas Caldas da Rainha. 

Brandão Rodrigues quis também sublinhar que o encerramento destas escolas ocorre "quando temos uma parte significativa do resto da atividade económica aberta na região do Algarve"

Ainda assim, respeitando a avaliação das autoridades regionais, o governante garantiu que o Ministério tentou logo, desde o momento em que soube no domingo da suspensão presencial destas aulas, "proporcionar todas as condições": "Já está em funcionamento, por um lado, o ensino à distância e, por outro, as escolas de acolhimento com todas as condições, nomeadamente, com as refeições".

"Sempre que se ativou o ensino à distância, nós prontamente agimos para que as famílias pudessem ter uma resposta pedagógica e continuamos a trabalhar para aqueles que mais precisam", destacou. 

Sobre o facto de não terem encerrado escolas noutras regiões do país cuja situação epidemiológica é tão grave como no Algarve, como por exemplo em Lisboa, Brandão Rodrigues reiterou que essas decisões são da responsabilidade das autoridades de saúde e que não cabe ao Ministério rebatê-las.

"É preciso que isto fique muito claro. (...) Num momento em que as autoridades de saúde nos dizem que é absolutamente necessário fechar não são as autoridades da educação que se impõem às de saúde", argumentou. 

As aulas presenciais dos primeiros e segundos ciclos foram suspensas em cinco concelhos do Algarve - Albufeira, Faro, Loulé, Olhão e S. Brás de Alportel. A decisão da Delegada de Saúde Regional foi conhecida no domingo passado. O ensino à distância em todas as escolas dos referidos concelhos começou já esta segunda-feira. 

Leia Também: AO MINUTO: Reforço vacinal à vista; Brasil? 400 mil mortes evitáveis

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório