Meteorologia

  • 28 JULHO 2021
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 29º

Edição

Há 29 concelhos acima do limite de 240 casos por 100 mil habitantes

Relatório da DGS atualizou, esta sexta-feira, a informação sobre a evolução da Covid-19 nos vários concelhos do país, bem como a matriz de risco.

Há 29 concelhos acima do limite de 240 casos por 100 mil habitantes

Numa altura em que a pandemia se agrava no país, aumentam os concelhos com incidência acima dos 240 casos por 100 mil habitantes. Nesta circunstância, encontram-se 29 municípios, um dos quais Lisboa que, aliás, está perto de ultrapassar a barreira dos 480 casos por 100 mil habitantes (438/100 mil habitantes)

O município que já ultrapassou esse limite é Albufeira, um dos concelhos que recuou no plano de desconfinamento. O município algarvio regista agora, de acordo com a atualização feita pelo boletim da DGS, 490 casos por 100 mil habitantes

Os outros concelhos que ultrapassam o limite dos 240 casos por 100 mil habitantes são:  Almada, Amadora, Avis, Barreiro, Cascais, Castelo de Vide, Constância (que também já ultrapassou os 480 casos/100 mil habitantes), Grândola, Lagoa - Açores, Loulé, Loures, Mafra, Mira, Moita, Odemira, Odivelas, Oeiras, Olhão, Paredes de Coura, Ribeira Grande, Sardoal, Seixal, Sesimbra, Sines, Sintra, Sobral de Monte Agraço e Sousel

No total, se contabilizarmos os concelhos acima do limite dos 120 casos por 100 mil habitantes, são agora 58 os municípios nessa situação, de acordo com os dados até ao dia 22. Destes 58 concelhos, 18 pertencem à Área Metropolitana de Lisboa (AML). Dos 18 concelhos da AML, 13 têm mais de 240 casos de covid-19 por 100 mil habitantes, tendo os restantes cinco uma incidência superior a 120 casos.

Os dados da DGS mostram também que o concelho do Porto surge com uma incidência do coronavírus SARS-CoV-2 superior a 120 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, o que não acontecia nas últimas semanas.

Pode consultar a situação do seu concelho através da página 4 do boletim da DGS divulgado hoje. 

De acordo com o relatório desta sexta-feira, nas últimas 24 horas morreram mais duas pessoas devido à Covid-19 e foram diagnosticados mais 1.604 novas infeções, a maioria em Lisboa e Vale do Tejo, região onde a variante Delta já tem uma predominância acima dos 70%.

O Governo anunciou ontem, além do recuo de Lisboa no plano de desconfinamento, a continuidade da proibição de entrada e saída da Grande Lisboa ao fim de semana (havendo agora a possibilidade de o fazer com um teste à Covid-19 negativo e com o certificado digital). 

Portugal segue no vermelho

A DGS indica esta sexta-feira que a taxa de incidência a nível nacional se situa  nos 137,5 casos de infeção por 100 mil habitantes e que a transmissibilidade é de 1,14, também a nível nacional. Portugal segue assim na zona vermelha da matriz, o instrumento usado para determinar os passos a dar (ou não) no desconfinamento. 

Notícias ao Minuto Matriz de risco no dia 25 de junho© DGS  

Leia Também: AO MINUTO: Incidência volta a subir. AML? "Está previsto na lei"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório