Meteorologia

  • 30 JULHO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Portugal acolheu esta semana mais 30 refugiados e um migrante

País já recebeu 2.807 cidadãos estrangeiros ao abrigo de diferentes programas internacionais.

Portugal acolheu esta semana mais 30 refugiados e um migrante

Portugal acolheu, esta semana, 31 pessoas oriundas da Turquia, Egito e Itália, elevando para 2.807 o total de estrangeiros recebidos ao abrigo de diferentes programas internacionais, anunciou, este domingo o Governo num comunicado conjunto dos gabinetes da ministra de Estado e da Presidência, do ministro da Administração Interna e da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

A nota do Executivo, enviada ao Notícias ao Minuto, foi enviada no âmbito do Dia Mundial do Refugiado que se assinala este domingo.

Dos 31 cidadãos que chegaram ao nosso país esta semana, 30 eram refugiados, explicam os governantes. Oito vieram da Turquia e 22 do Egito. Os mesmos serão agora acolhidos por diferentes distritos, entre os quais Braga, Bragança, Castelo Branco e Lisboa.

A sua chegada eleva assim para 772 o total de cidadãos recebidos ao abrigo do Programa Nacional de Reinstalação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), sendo um exemplo da participação ativa e construtiva de Portugal no esforço europeu de acolhimento aos refugiados e migrantes.

Todos beneficiam do Estatuto de Refugiado, sendo titulares de uma Declaração comprovativa do Estatuto de Proteção Internacional enquanto aguardam a emissão do Título de Residência para Refugiado, nos termos da Lei de Asilo.

Também esta sexta-feira chegou a Portugal um migrante resgatado do Mediterrâneo e proveniente de Itália, elevando para 235 o total de cidadãos acolhidos em território nacional após serem salvos na travessia de África para a Europa.

Recorde-se que, este domingo, celebra-se pela vigésima vez o Dia Mundial do Refugiado, instituído em 2001 pelas Nações Unidas, cuja Convenção relativa ao Estatuto dos Refugiados comemora também 70 anos em 2021.

Portugal destaca-se como o sexto Estado-membro que mais refugiados acolheu ao abrigo do Programa de Recolocação aprovado por Bruxelas.

Leia Também: AI faz vigília à beira Tejo por refugiados que ficam às portas da Europa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório