Meteorologia

  • 28 JULHO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 29º

Edição

Há mais de 24h que ninguém sabe de Noah. Encontradas pegadas e camisola

Buscas em Proença-a-Velha, concelho de Idanha-a-Nova, pela criança de dois anos continuaram noite dentro mas sem sucesso. GNR concentra agora esforços numa zona onde foram encontradas pegadas que poderão ser da criança, e onde foi encontrada uma peça de roupa. Meios foram reforçados e incluem agora equipas de mergulhadores.

Há mais de 24h que ninguém sabe de Noah. Encontradas pegadas e camisola

As buscas por Noah, o menino com dois anos que desapareceu durante a manhã de quarta-feira, em Proença-a-Velha (concelho de Idanha-a-Nova), continuam, sem sucesso até ao momento, disse ao Notícias ao Minuto fonte da GNR de Castelo Branco. 

Volvidas mais de  24 horas do desaparecimento, ninguém sabe onde está a criança que, segundo os pais, terá saído de casa entre as 5h00 e as 8h00 da manhã de ontem, na companhia da cadela que, entretanto, viria a ser encontrada a três quilómetros da casa da família. 

As buscas, que se iniciaram logo durante a manhã de ontem, decorreram durante toda a noite, com meios reforçados no terreno novamente esta manhã. "As buscas durante a noite foram infrutíferas. A criança ainda não foi encontrada", disse o oficial de comunicação e relações públicas do Comando Territorial da GNR de Castelo Branco, esta quinta-feira. 

No ponto de situação feito às 9h00 desta manhã, Jorge Massano confirmou que foi encontrada uma peça de roupa durante as buscas, assim como pegadas que, pelo tamanho, podem ser da criança desaparecida. As duas pistas foram encontradas na mesma zona, a cerca de dois, três quilómetros de casa, levando a que as buscas aí se concentrem agora. A cadela, que terá acompanhado a criança, também foi ontem localizada naquela áera.

Entretanto, vão começar a participar nas buscas equipas de mergulhadores da GNR que irão concentrar os esforços em poços e linhas de água da zona. O responsável indicou que há diversos poços que se encontram dispersos ao longo do terreno. "Alguns têm vedação à volta, outros não. É uma situação que será agora avaliada pelos técnicos no terreno", disse. 

A quem se quiser juntar às buscas, o capitão aconselhou a que "nunca descurem a segurança no terreno", pedindo aos populares que participem sempre com a coordenação da GNR. 

Foi através do Facebook que a mãe do menino deu o alerta do desaparecimento, pedindo ajuda à população nas buscas pela criança. Noah  vestia uns calções laranja, uma camisa cinza e umas botas de borracha azuis. Qualquer informação sobre o paradeiro do menino deve ser imediatamente transmitida à GNR.

[Notícia atualizada às 10h05]

Leia Também: Buscas por Noah concentradas na zona onde foram encontradas pegadas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório