Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2021
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Morreu Maré, a lontra-marinha mais velha da Europa

Ainda assim, com 23 anos, Maré viveu muito para além da esperança média de vida da sua espécie, que se situa nos 15 anos. O Oceanário lembra que esta lontra foi uma verdadeira embaixadora da sua espécie, que se encontra ameaçada.

O Oceanário de Lisboa informou, esta terça-feira, que perdeu um dos seus habitantes, Maré, "a lontra-marinha mais velha da Europa". 

"É com tristeza que hoje comunicamos a morte da lontra-marinha Maré, um dos um dos nossos habitantes mais antigos e emblemáticos", anunciou o aquário público da capital, numa nota divulgada, esta tarde, nas redes sociais. .

O Oceanário de Lisboa recordou que Maré tinha 23 anos e que era filha das "icónicas lontras Amália e Eusébio".

"Morreu num processo já esperado, tendo em consideração a sua idade avançada, muito além da esperança média de vida (cerca de 15 anos em meio selvagem)", é esclarecido. 
.
Ainda segundo o Oceanário, Maré "viveu como embaixadora da sua espécie", que se encontra classificada 'Em Perigo' na Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas.

"Foi acarinhada pelos visitantes, protagonista de diversos programas educativos, visitas guiadas, documentários e artigos, tendo contribuído para a missão do aquário de sensibilizar todos os visitantes para a conservação do oceano", lembrou ainda o aquário lisboeta. 

Veja na galeria algumas imagens da lontra-marinha Maré. 

Leia Também: Aproveite o final de dia e visite o Oceanário de Lisboa por 14 euros

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório