Meteorologia

  • 21 JUNHO 2021
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Madeira suspendeu vacinação devido a embalagens com sinais de humidade

A campanha de vacinação contra a covid-19 foi hoje interrompida na Madeira porque algumas embalagens das vacinas da Pfizer apresentaram sinais de humidade externa, anunciou o Governo Regional.

Madeira suspendeu vacinação devido a embalagens com sinais de humidade
Notícias ao Minuto

14:58 - 17/05/21 por Lusa

País Pfizer

"Informamos que a campanha de vacinação contra a covid-19 será hoje [17 de maio] interrompida, em virtude do facto de duas das cinco embalagens das vacinas entregues, hoje, na farmácia do Hospital Dr. Nélio Mendonça apresentarem sinais de humidade externa", lê-se na nota divulgada pelo gabinete do secretário da Saúde e Proteção Civil do arquipélago.

No documento, o executivo madeirense adianta que a farmácia do Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, "comunicou de imediato com a Pfizer e recebeu indicações para não utilizar as vacinas".

Também salienta que esta situação "está a ser avaliada pelos técnicos da farmácia" da unidade hospitalar do Funchal, em articulação com a equipa de qualidade global da farmacêutica.

"A decisão final ficará a cargo da Pfizer", sublinha a mesma nota, complementando que as pessoa que foram convocadas para a vacinação no dia de hoje terão a administração "oportunamente reagendada".

De acordo com os últimos dados divulgados pelas autoridades de saúde da Madeira, já foram administradas na região 122.456 vacinas.

O último boletim epidemiológico difundido no domingo pela Direção Regional da Saúde (DRS) indicava que tinham sido diagnosticados no arquipélago oito novos casos de covid-19, existindo 252 situações ativas e 233 em estudo, mantendo a região os 71 óbitos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.381.042 mortos no mundo, resultantes de mais de 162,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.009 pessoas dos 842.381 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: Rt volta a subir e aproxima-se de 'linha vermelha'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório