Meteorologia

  • 12 MAIO 2021
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 22º

Edição

Conselho de Magistratura manda averiguar distribuição da Operação Marquês

O Conselho Superior da Magistratura ordenou a averiguação da distribuição da Operação Marquês ao juiz Carlos Alexandre.

Conselho de Magistratura manda averiguar distribuição da Operação Marquês

A notícia foi avançada pela RTP e TVI e surge depois de o juiz Ivo Rosa ter dado ordem para que "fosse extraída certidão a remeter ao Ministério Público", com o objetivo de averiguar "eventuais irregularidades ocorridas na distribuição daquele processo no Tribunal Central de Instrução Criminal", conforme indicou na sexta-feira passada, aquando da leitura da decisão instrutória.

O vice-presidente do Conselho Superior da Magistratura (CSM), José António Lameira, ordenou a "realização de uma averiguação no sentido de saber se existem, ou não, novos elementos que não sejam do conhecimento" do órgão de gestão e disciplina dos juízes, para que "não subsistam quaisquer dúvidas", segundo comunicado, divulgado entretanto pela agência Lusa.

Esta decisão do CSM surge depois de o juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, ter decidido remeter uma certidão para a Procuradoria-Geral da República para que o Ministério Público averigue irregularidades ocorridas na distribuição do processo no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC).

Logo a seguir à decisão instrutória da Operação Marquês, na passada sexta-feira, o CSM garantiu que, em todos os tribunais, nomeadamente TCIC, existem regras transparentes sobre atribuição e transição de processos, com respeito pelo princípio do juiz natural.

Segundo o conselho, "na sequência da reforma do Mapa Judiciário de 2014", foi deliberado "estabelecer regras gerais e transparentes no que concerne à transição de processos, com respeito pelo princípio do juiz natural", que é um dos princípios basilares do processo penal.

"De acordo com essa deliberação, em todos os tribunais, nomeadamente o Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), os processos foram atribuídos ao juiz que já os tramitava, sem prejuízo das operações de igualação de pendências", avança o CSM, antecipando-se assim a eventuais pedidos de esclarecimento que venham a ser solicitados a tal órgão da judicatura acerca da questão levantada no âmbito da fase inicial da "Operação Marquês".

Os arguidos José Sócrates e Armando Vara contestaram a distribuição eletrónica e não manual do processo, em setembro de 2014, ao juiz Carlos Alexandre.

[Notícia atualizada às 16h48]

Leia Também: Juiz Ivo Rosa remete à PGR entrega de processo a Carlos Alexandre

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório