Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 23º

Vacinação "revelou-se da maior certeza, necessidade e justiça"

O pneumologista Filipe Froes confirma que Portugal pode atingir 'o vermelho' em duas semanas, contudo, se existir uma nova vaga, haverá menos pessoas internadas com sintomas graves e menos mortes.

Vacinação "revelou-se da maior certeza, necessidade e justiça"
Notícias ao Minuto

08:24 - 14/04/21 por Notícias ao Minuto

País filipe froes

O pneumologista Filipe Froes concorda com os peritos ouvidos ontem, no Infarmed, que indicaram que Portugal pode atingir as linhas vermelhas ainda este mês, Contudo, se houver uma nova vaga, esta será menos severa pois as faixas etárias que tinham sintomas mais graves e maior mortalidade já estão protegidas pela vacina.

Numa entrevista dada na noite desta terça-feira à SIC Notícias, o coordenador do gabinete da Covid-19 da Ordem dos Médicos salientou que, neste momento, há uma incidência "muito baixa" em pessoas com mais de 60 anos, por causa da vacinação, assim como entre os profissionais de saúde, algo que sublinhou ser "a maior certeza, necessidade e justiça".

Nesse sentido, tal como revelaram ontem os especialistas, Filipe Froes confirmou que houve uma mudança epidemiológica em pessoas com menos de 20 anos e "há muitas crianças infetadas".

Sobre a faixa etária entre os 20 e os 60 anos, que correspondem a cerca de 5,4 milhões de habitantes, o pneumologista realçou que é necessário "garantir-lhes um passaporte contra a transmissão". "É aqui que, provavelmente, temos de afinar a matéria", refletiu, acrescentando que "temos de rastrear, rastrear, rastrear, isso é que é o objetivo. E vacinar, vacinar, vacinar".

Quando à possibilidade de uma nova vaga, Filipe Froes assumiu que esta possa existir, uma vez que os casos de Covid-19 vão continuar a aumentar. Contudo, explicou que "não vamos ter o aumento em termos de gravidade porque essas pessoas estão protegidas".

Já sobre a suspensão da vacina da Janssen, da Johnson & Johnson, o coordenador do gabinete da Covid-19 da Ordem dos Médicos afiançou que isso confirma que os sistemas de vigilância estão a funcionar bem, considerando que é necessário estudar afincadamente a alegada relação entre a vacina e os coágulos para se identificar fatores de risco.

Leia Também: Infarmed. Abertura de escolas fez aumentar casos dos "0 aos 9 anos"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório