Meteorologia

  • 15 MAIO 2021
Tempo
24º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Polícia comunica pichagem nazi no Porto ao Ministério Público

Uma pichagem num portão da Avenida do Brasil, no Porto, com a frase nazi "o trabalho liberta" foi denunciada à Polícia Municipal, que a vai comunicar ao Ministério Público, disse hoje à Lusa fonte daquela autoridade.

Polícia comunica pichagem nazi no Porto ao Ministério Público
Notícias ao Minuto

19:22 - 11/04/21 por Lusa

País PSP

Em declarações à Lusa, fonte da Polícia Municipal do Porto avançou que recebeu hoje uma participação sobre o ato de vandalismo no portão principal de uma casa na Avenida do Brasil, com a expressão em alemão "Arbeit Macht Frei" e que a situação vai ser comunicada ao Ministério Público.

No local, a frase encontra-se pintada a tinta branca num portão preto. Ao lado, também em tinta branca, foi escrito "Operação markes vergonha", com a data e local de uma manifestação.

Alguns transeuntes paravam a ler a frase e ficavam indignados, como o caso de uma imigrante em Portugal de origem polaca que disse à Lusa encarar o ato como "incompreensível".

"É algo incompreensível que aconteça e é preciso educar as pessoas sobre o que realmente aconteceu nos campos de concentração. É importante que as pessoas não façam este tipo de atos de vandalismo e que não tenham medo de denunciar estes atos à polícia, para que não se repitam outra vez e porque seis milhões de judeus morreram vítimas do Holocausto", afirmou a mulher.

O lema "Arbeit Macht Frei" foi usado nos vários campos de concentração nazis durante o Holocausto, tendo-se tornado num "símbolo quer do derradeiro mal que encontrou a sua expressão em Auschwitz quer da memória do Holocausto", como indicou o Centro de Lembrança do Holocausto Yad Vashem, quando, em 2009, o símbolo com a frase foi roubado de Auschwitz, tendo sido recuperado semanas depois.

"Devemos continuar a trabalhar para educar sobre o Holocausto, para que os símbolos do Holocausto sejam imbuídos de significado, ajudem a construir um futuro melhor e que sirvam de catalisador na luta contra o antissemitismo e o racismo", escrevia na altura o Yad Vashem.

A Alemanha assinalou hoje o 76.º aniversário da libertação do campo de Buchenwald, onde 56 mil pessoas foram mortas.

Leia Também: Cova da Moura. Ajuntamento de 100 pessoas acaba em troca de tiros com PSP

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório