Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2022
Tempo
35º
MIN 21º MÁX 37º

Tem contributos a dar? Plano de combate ao racismo em consulta pública

Governo apela à participação de todas as pessoas e entidades. Tem até ao dia 10 de maio para o fazer através do portal ConsultaLEX.

Tem contributos a dar? Plano de combate ao racismo em consulta pública
Notícias ao Minuto

09:53 - 09/04/21 por Notícias ao Minuto

País Racismo

A proposta de Plano Nacional de Combate ao Racismo e à Discriminação entrou esta sexta-feira em consulta pública para recolha de contributos até 10 de maio. 

Numa nota enviada às redações, o Governo sublinha que o plano "visa concretizar o direito à igualdade e à não discriminação como alicerce da democracia portuguesa, através de uma estratégia de atuação nacional, que reforce os meios destinados à prevenção e combate ao racismo, através de medidas transversais e direcionadas aos vários setores e áreas governativas"

O documento em causa "incorpora também contributos e recomendações do Relatório Preliminar, de 16 de março de 2021, do Grupo de Trabalho para a Prevenção e o Combate ao Racismo e à Discriminação, criado em novembro de 2020 pela Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade". 

Esse grupo de trabalho "auscultou cerca de 60 entidades e organismos de diversas áreas, desde a educação, ao ensino superior, trabalho e emprego, segurança, habitação, justiça, juventude e desporto, cultura e media, participação política e sociedade civil", lê-se na nota do Governo. 

A proposta colocada hoje em consulta pública pelo Governo identifica "dez áreas prioritárias de intervenção": Governação, informação e conhecimento; Educação e cultura; Ensino Superior; Trabalho e emprego; Habitação; Saúde e ação social; Justiça, segurança e direitos; Participação e representação; Desporto; e Meios de comunicação e o digital.

No que diz respeito ao Ensino Superior em concreto, o Governo prevê "definir um contingente especial adicional de alunos das escolas TEIP [Territórios Educativos de Intervenção Prioritária] no acesso ao ensino superior e cursos técnicos superiores profissionais".

O Governo apela agora à participação de todas as pessoas e entidades, "reforçando o seu compromisso ao apresentar aquele que será o primeiro plano nacional de combate ao racismo e à discriminação, para que este seja um verdadeiro instrumento de transformação coletiva e de reforço da coesão social".

De sublinhar que o envio de comentários e documentos, no âmbito da  consulta pública, faz-se exclusivamente pelo portal ConsultaLEX (consultalex.gov.pt) e pressupõe a inscrição na plataforma.

Leia Também: Alunos migrantes são segregados e escolas não fazem tudo para o evitar

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório