Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
28º
MIN 18º MÁX 37º

"Se RT estiver acima de 1 tem de haver uma suspensão do desconfinamento"

Tiago Correia, professor de Saúde Internacional, disse, na SIC Notícias, que "não estamos absolutamente mal nem absolutamente bem".

"Se RT estiver acima de 1 tem de haver uma suspensão do desconfinamento"
Notícias ao Minuto

19:53 - 23/03/21 por Notícias ao Minuto

País Covid-19

O professor de Saúde Internacional, Tiago Correia, em entrevista esta quarta-feira na SIC Notícias - já após a reunião entre políticos e especialistas que decorreu no Infarmed, em Lisboa -, referiu que, segundo os dados apresentados, "podemos estar descansados quanto baste" em relação à nossa capacidade para prosseguir o Plano de Desconfinamento traçado pelo Executivo. 

"Estamos num processo, estamos a fazer um caminho. E os dados que nos foram reportados hoje ainda não dizem respeito à última semana do desconfinamento", sublinhou, acrescentando que "não estamos absolutamente mal nem absolutamente bem". "Temos que ir gerindo as situações".

O também investigador do Instituto de Higiene e Medicina Tropical considerou que Portugal "estava num momento de começar o processo de desconfinamento" que terá de ser "gradual". E os dados revelados esta terça-feira dizem, no entender do especialista, que "temos conforto para continuar esse caminho"

Contudo, "percebemos que há alguns indicadores que estão a evoluir e que irão evoluir no sentido que nos irão obrigar a alguma redefinição ou esclarecimento das medidas que foram anunciadas", afirmou Tiago Correia. 

Neste ponto, o especialista especificou estar a falar do Rt, "que está a seguir um caminho de aumento - que tem feito mesmo antes do desconfinamento -, e isso significa... se o Rt estiver acima de 1 tem de haver uma suspensão do processo de desconfinamento". 

Deste modo, defendeu, temos de "ter uma análise mais fina" acerca destes indicadores. São questões que necessitam de "algum ajustamento" à medida que formos avançando no processo. 

"É um caminho que se faz caminhando. Temos de ir interpretando os sinais neste constante iô-iô, sobe e desce. Uma gestão constante dos indicadores e dos casos para que possamos adequar o confinamento ou desconfinamento em função da situação epidemiológica", sublinhou. 

De lembrar que Portugal registou 434 novos casos de Covid-19 e mais 10 mortes nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Em termos globais, o nosso país contabiliza 818.212 contágios e 16.794 óbitos. O número de recuperados é agora de 769 mil. Os casos ativos desceram para 32 mil. 

Dúvidas sobre convocatória para vacina? Eis o guia que lhe explica tudo

Leia Também: Infarmed. Há uma "manutenção da tendência de descida" dos casos de Covid

Recomendados para si

;
Campo obrigatório