Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Lisboa. Irmãs apanhadas a perseguir idosa, a quem roubaram carteira

Autoridade acredita ter desmantelado "uma das mais ativas células de furtos e burlas na comarca de Lisboa, cuja atividade criminal se pondera ter auferido mais de 30 mil euros num conjunto de 40 crimes cometidos contra idosos e turistas".

Lisboa. Irmãs apanhadas a perseguir idosa, a quem roubaram carteira

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis) deteve duas mulheres, de 53 e 54 anos de idade, que são irmãs, e um homem com 63 anos, em coautoria, por serem suspeitos da prática do crime de furto.

De acordo com a autoridade, os três suspeitos vinham desde meados do ano passado a dedicar-se ao furto de carteiras e posterior utilização dos cartões bancários das vítimas, maioritariamente do sexo feminino e de idade avançada. Levantavam-lhe todo o dinheiro em depósito.  Os furtos aconteciam em toda a área da grande Lisboa, havendo registos de ocorrências em vários concelhos limítrofes.

Na nota enviada às redações, a PSP sublinha que estas detenções surgem no decurso de uma investigação com sete meses, onde a atividade destes três suspeitos vinha a ser investigada em coordenação com a 3.ª Secção do DIAP de Lisboa.

Na sequência da recolha de indícios suficientes da prática de vários crimes de furto por parte do trio, foram emitidos os competentes mandados de detenção por parte do Ministério Público.

Mulheres perseguiam uma idosa 

Seguindo a investigação, os agentes montaram uma operação de investigação criminal para localizar e "neutralizar" o referido grupo. Pelas 14h00 de segunda-feira, e aquando da detenção das suspeitas, os agentes envolvidos na operação "verificaram que as mesmas, de forma articulada, perseguiram uma idosa até lhe subtraírem a carteira imediatamente após a mesma ter efetuado um levantamento  num multibanco.

Sem que a vítima se apercebesse, levaram os 250 euros da idosa de 77 anos, aproveitando movimento de uma superfície comercial na zona do Cacém, conta a PSP.  Em seguida, foram imediatamente detidas em flagrante delito e o terceiro elemento deste grupo foi detido por intermédio do cumprimento do já referido Mandado de Detenção.

A autoridade frisa que os três detidos têm já um vasto curriculum criminal de crimes de igual natureza estão diretamente relacionados com 15 furtos cujo proveito vem avaliado em cerca de 10 mil euros. Foram presentes a primeiro interrogatório, sendo-lhes aplicada a medida de coação de prisão preventivas às mulheres e apresentações semanais ao homem.

Segundo a PSP, já em meados de novembro do ano transato, havia procedido à detenção de uma célula desta rede que se dedicava a furtos e burlas a idosos, nomeadamente três suspeitas que ainda se encontram, à data, sujeitas a medidas privativas da liberdade.

Nesta data, é sublinhado, já uma das irmãs das que agora ficaram detidas, também ela foi surpreendida em flagrante delito aquando do cumprimento de mandados de detenção.

Com estas detenções, a PSP acredita ter desmantelado uma das mais ativas células de furtos e burlas na comarca de Lisboa, cuja atividade criminal se pondera ter auferido mais de 30 mil euros num conjunto de 40 crimes cometidos contra idosos e turistas.

Siga os conselhos da PSP

Para que não seja vitima deste tipo de crime, a PSP deixa-lhe alguns conselhos, nomeadamente:

  • Tenha sempre em atenção o momento em que digita o código dos cartões do banco
  • Não abra a porta a estranhos
  • Não entregue dinheiro
  • Não confie em estranhos
  • Tenha o número da esquadra mais próxima.
  • Desconfie.
  • Sempre que a situação lhe parecer estranha, "siga os seus instintos". Se tem dúvidas, ligue para a PSP

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório