Meteorologia

  • 20 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Discriminação? "Celebrar a diversidade" para "uma sociedade mais justa"

Guarda Nacional Republicana foi uma das instituições que não deixou esta data passar em branco: "Discriminação baseia-se em informações erradas, medo ou ignorância".

Discriminação? "Celebrar a diversidade" para "uma sociedade mais justa"

Esta segunda-feira, dia 1 de março, marca-se o 'Dia da Discriminação Zero'. A Guarda Nacional Republicana (GNR) foi uma das instituições que não deixou a data passar em branco, com o "objetivo de consciencializar a população para as diferentes formas de discriminação e desigualdades", sejam elas "através do género, idade, orientação sexual, deficiência, raça, etnia, saúde, religião, nacionalidade, situação económica ou estrato social".

A intenção é também "prevenir comportamentos discriminatórios" tendo em conta as características acima descritas, com os militares a sublinharem que a discriminação se baseia "em informações erradas, medo ou ignorância, refletindo-se em diversas situações comuns do dia-a-dia".

A GNR aponta ainda, nas redes sociais, que "aproveita este dia" para "celebrar a diversidade em favor de uma sociedade mais justa, inclusiva e tolerante".

Assim, a Autoridade recorda e apela:

  • Todas as pessoas são iguais perante a lei;
  • Trate as todas as pessoas com respeito, independentemente da sua raça, orientação sexual, género, religião, nacionalidade, deficiência ou estrato social;
  • Tenha conhecimento dos seus direitos, bem como dos seus deveres;
  • Denuncie situações de discriminação.

Leia Também: GNR diz ser preciso celebrar diversidade e lutar contra discriminação

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório