Meteorologia

  • 21 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

(Mais) três 'apanhados' por violação do confinamento em Arouca e Grândola

Um homem foi encontrado "na via pública". O não cumprimento do confinamento constitui crime de desobediência.

(Mais) três 'apanhados' por violação do confinamento em Arouca e Grândola

Um homem de 57 anos foi este domingo detido pelo Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Aveiro, por violação do confinamento obrigatório a que estava sujeito, no âmbito da pandemia de Covid-19, na localidade de Mansores, no concelho de Arouca.

No decorrer de uma "ação de patrulhamento para a verificação do dever de confinamento obrigatório", os "militares constataram que o visado se tinha ausentado do domicílio", explica a GNR num comunicado enviado às redações.

Após diligências policiais, foi possível confirmar que o suspeito se encontrava "na via pública", tendo sido detido. Foi constituído arguido e os factos remetidos para o Tribunal Judicial de Arouca.

Constituídos arguidos por violação de confinamento em Grândola

Noutro caso semelhante, em Grândola, dia 27 de fevereiro, a GNR constituiu arguidos uma mulher, de 26 anos, e um homem, de 35, por violação do confinamento obrigatório a que estavam sujeitos.

"Na sequência de denúncia verificou-se que ambos tinham violado o dever de confinamento obrigatório, tendo sido constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Setúbal", apontaram os militares em comunicado.

A GNR recorda que ficam em "confinamento obrigatório, em estabelecimento de saúde, no respetivo domicílio ou noutro local definido pelas autoridades de saúde, todos os doentes com Covid-19, os infetados com SARS-CoV-2, e os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado vigilância ativa".

A violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência.

Leia Também: Procura por cabeleireiros cresce 70% no início do confinamento

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório