Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2021
Tempo
MIN 9º MÁX 19º

Edição

Santarém reconverte camas dedicadas a infetados para outros pacientes

O Hospital Distrital de Santarém (HDS) já reconverteu algumas das enfermarias dedicadas a doentes com covid-19 em espaços para pacientes com outras patologias, na sequência da descida do número de casos de infeção, foi hoje anunciado.

Santarém reconverte camas dedicadas a infetados para outros pacientes
Notícias ao Minuto

17:30 - 22/02/21 por Lusa

País Covid-19

Numa resposta escrita enviada à agência Lusa, o hospital indica que reduziu o número de camas em enfermaria para doentes com covid-19, passando de 164 para 103, "de modo a dar resposta à procura crescente de doentes não covid".

O HDS adianta também que vai retomar, em 01 de março, o serviço de hospitalização domiciliária, suspenso desde janeiro.

"Apesar da necessidade de dar resposta à afluência de doentes covid nos últimos meses, o HDS nunca parou na totalidade a sua atividade programada, nomeadamente em relação ao tratamento de doentes oncológicos, cardíacos, de dermatologia e oftalmologia", é salientado na mesma informação.

O hospital continuou, igualmente, "a tratar todos os doentes prioritários e emergentes de todas as especialidades", é referido.

Ainda assim, o hospital admite que "muitos dos recursos humanos foram canalizados para o tratamento de doentes covid, o que não permitiu a otimização na realização de todas as cirurgias e consultas no tempo mais adequado".

Por isso, foi delineada, "à semelhança do que já se tinha realizado entre setembro e novembro do ano passado, com bons resultados, uma estratégia de recuperação das listas de espera cirúrgicas e de consultas", esperando-se "o cumprimento dos tempos de espera definidos para cirurgia (12 meses) e consulta (nove meses)".

Excetuam-se deste objetivo "duas das especialidades mais críticas a nível nacional e também no HDS": consulta de dermatologia e cirurgias de ortopedia, acrescenta o hospital de Santarém.

O HDS regista, atualmente, 71 doentes internados em enfermaria covid, dispondo de um total de 103 camas, e nove em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI). Há, assim, oito camas disponíveis em UCI.

"A percentagem de internamentos covid face à atividade total do hospital é de 23%", lê-se ainda na nota.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.466.453 mortos no mundo, resultantes de mais de 111 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.023 pessoas dos 798.074 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório