Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2021
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

Covid-19: Surto sanado em lar da Misericórdia de Paredes de Coura

O surto detetado em janeiro no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Paredes de Coura, que infetou 74 dos 80 utentes e 28 dos 44 funcionários, está sanado, mas registou cinco mortes associadas à covid-19, foi hoje divulgado.

Covid-19: Surto sanado em lar da Misericórdia de Paredes de Coura
Notícias ao Minuto

12:02 - 22/02/21 por Lusa

País Covid-19

Segundo adiantou à Lusa o provedor daquela instituição no distrito de Viana do Castelo, o padre Manuel Alberto Lourenço, o surto causado pelo vírus SARS-CoV-2 "está resolvido com a recuperação de todas os utentes e funcionários".

"Infelizmente há a lamentar a morte de cinco residentes associadas à covid-19", disse.

Num comunicado publicado na página oficial da Santa Casa da Misericórdia de Paredes de Coura na rede social Facebook, a que a Lusa teve hoje acesso, o responsável disse terem sido "dias difíceis com a ausência quase total" das/os colaboradoras/es e de direção técnica, de enfermagem, de serviços administrativos, de cozinha, das ajudantes de ação direta, de lavandaria e de limpeza.

"Impedidos de exercerem as suas funções, recorremos à ajuda dos nossos parceiros sociais que responderam tão pronto como rapidamente. Tivemos dias intensos, onde nos deparámos com rostos cansados pelo peso de horas seguidas de trabalho, mas sempre alegres e dispostos a darem o seu melhor, como sempre o fazem", reforçou.

Segundo o provedor, "as pessoas que residem na estrutura residencial para pessoas idosas (ERPI) foram cuidadas com o carinho e a atenção a que estão habituadas e lhes é dispensada, por todos os que têm a obrigação de cuidar delas".

"Hoje as nossas rotinas regressam e os dias revestem-se de mais ânimo e alegria. Mantemos a esperança de que em breve chegaremos mesmo onde queremos estar", observou.

O primeiro surto a afetar a instituição desde março de 2020 teve início em 13 de janeiro, quando cinco utentes foram testados por apresentarem sintomatologia associada à covid-19.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.461.254 mortos no mundo, resultantes de mais de 111 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.962 pessoas dos 797.525 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: OMS estuda pistas; Profissionais de saúde em burnout severo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório