Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 6º MÁX 15º

Edição

Autarca vacinada? "A gorda fura filas. Malvada a hora que nasci magra"

Ana Rita Cavaco pronunciou-se, no Facebook, sobre um alegado novo caso de vacinação indevida contra a Covid-19. Desta feita a protagonista é a autarca de Portimão, Isilda Gomes.

Autarca vacinada? "A gorda fura filas. Malvada a hora que nasci magra"

"Presidente da Câmara de Portimão. A gorda fura filas. Malvada a hora que nasci magra". É desta forma que Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, reagiu, nas redes sociais, a um alegado novo caso de vacinação indevida contra a Covid-19, tendo, desta feita, a presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes, como protagonista.

Numa publicação no Facebook do município, colocada na passada segunda-feira, é explicado que a autarca "dedica diariamente enquanto cidadã e voluntária uma parte do seu dia a promover visitas virtuais de familiares aos doentes Covid que estão internados no Hospital de Campanha do Portimão Arena e que é operacionalizado pelo Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA)".

A nota continua, afirmando que, "na data da abertura do CHUA Arena, todos os que exerciam funções foram vacinados", o "mesmo tendo sido solicitado a Isilda Gomes na qualidade de voluntária do projeto Visitas Virtuais, tendo sido esta condição necessária para que pudesse exercer esta função".

Em declarações ao Observador, a presidente da Câmara de Portimão sublinhou que "ainda" não contactou com nenhum doente e justificou considerar que pertence a um grupo de risco: "Tenho 69 anos, sou obesa e hipertensa". Frase esta que levou à reação de Ana Rita Cavaco.

De recordar que, nos últimos dias, têm sido reveladas algumas situações de alegadas vacinações indevidas, com casos que até já levaram a demissões. Recorde aqui.

Em comunicado, o gabinete liderado por Marta Temido disse que "considera inaceitável qualquer utilização indevida de vacinas que decorra durante o processo de vacinação" e lembra que o plano em causa foi "concebido com base em critérios técnicos, suportados na melhor evidência científica".

Leia Também: Vacinação indevida. Até o padre 'passou à frente' em Valongo do Vouga

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório