Meteorologia

  • 02 MARçO 2021
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 18º

Edição

Autoridade de Saúde pede confinamento a toda a população do Corvo

A Autoridade de Saúde Regional dos Açores apelou hoje à população do Corvo para se manter em confinamento, até terminar a testagem dos contactos próximos do primeiro caso de infeção por SARS-CoV-2 registado na ilha.

Autoridade de Saúde pede confinamento a toda a população do Corvo
Notícias ao Minuto

17:49 - 23/01/21 por Lusa

País Açores

"Tendo em conta as especificidades próprias da mais pequena ilha da Região Autónoma dos Açores, nomeadamente os limitados recursos materiais e humanos de saúde, a Autoridade de Saúde Regional recomenda o confinamento de toda a população da ilha do Corvo até terminar a testagem de despiste rápido já iniciada e a que, posteriormente, será realizada por RT-PCR a todos os contactos próximos de alto risco já identificados", avançou, em comunicado de imprensa.

A ilha do Corvo, a mais pequena dos Açores e também o concelho menos populoso e mais pequeno do país, era a única do arquipélago que ainda não tinha registado qualquer caso de infeção pelo novo coronavírus, que provoca a doença covid-19.

O comunicado da Autoridade de Saúde Regional dos Açores de hoje reporta um caso no Corvo, referente a um residente na ilha que foi testado no rastreio realizado ao sexto dia aos passageiros que chegam de fora do arquipélago ou da ilha de São Miguel, que está em situação de "alto risco" de transmissão.

Para além do confinamento, a Autoridade de Saúde Regional pede à população para contactar a Linha Saúde Açores (808246024) "perante sintomatologia sugestiva de infeção pelo novo coronavírus", como "febre, tosse, dor de garganta, cansaço, dores musculares, falta de ar ou dificuldade respiratória, congestão e corrimento nasal, perda de olfato, perda de paladar e diarreia".

A autoridades apela ainda ao "cumprimento das medidas básicas de segurança", como "uso da máscara, distanciamento físico e higienização ou desinfeção das mãos", e não recomenda "ajuntamentos na via pública nem nas habitações de cada um".

O líder da bancada parlamentar do PPM nos Açores (partido que integra a coligação do Governo Regional com o PSD e o CDS-PP), Paulo Estêvão, eleito pelo Corvo, reivindicou já a testagem de toda a população da ilha.

Os Açores têm atualmente 588 casos positivos ativos de infeção pelo novo coronavírus, que provoca a doença covid-19, dos quais 556 em São Miguel, 27 na Terceira, dois no Pico, um no Faial, um nas Flores e um no Corvo.

Desde o início do surto, foram detetados 3.366 casos de infeção por SARS-CoV-2 nos Açores, tendo-se verificado 23 óbitos e 2.656 recuperações.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.107.903 mortos resultantes de mais de 98,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 10.194 pessoas dos 624.469 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório