Meteorologia

  • 06 MARçO 2021
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 21º

Edição

Hospital da Guarda disponibiliza mais 12 camas para internamento

A Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda abriu mais 12 camas para internamento de doentes com covid-19 no Hospital Sousa Martins para dar resposta ao aumento de casos na região, foi hoje anunciado.

Hospital da Guarda disponibiliza mais 12 camas para internamento
Notícias ao Minuto

13:26 - 23/01/21 por Lusa

País Covid-19

Segundo fonte do Conselho de Administração da ULS da Guarda, presidido por João Barranca, a unidade de saúde abriu "nas últimas horas, mais 12 camas de internamento alocadas ao espaço do Serviço de Pneumologia" do Hospital Sousa Martins (HSM).

Nesta unidade hospitalar estão internados 103 doentes nas três enfermarias Covid, incluindo 11 nos cuidados intensivos.

Na unidade de internamento Covid 1 as 44 camas estão todas ocupadas, o mesmo acontecendo na unidade de Covid 2, onde estão 38 camas.

A fonte da ULS da Guarda disse à agência Lusa que na unidade de internamento Covid 3 estão ocupadas 10 das 22 camas e no Serviço de Medicina Intensiva (SMI) destinado a doentes com covid-19, das 12 camas existentes estão 11 ocupadas.

O HSM disponibiliza, ao dia de hoje, um total de 116 camas para doentes com covid-19 e tem 13 disponíveis.

O Conselho de Administração da ULS da Guarda adianta que "continua empenhado em reforçar os recursos humanos, nomeadamente ao nível de médicos, enfermeiros e assistentes operacionais", para "continuar a dar uma resposta eficaz às necessidades da região".

"Nos últimos dias contratámos já 10 assistentes operacionais e contamos contratar mais 20. Está ainda previsto contratarmos mais 15 enfermeiros, sendo que destes, três iniciam já funções na próxima segunda-feira", referiu, na sexta-feira, a mesma fonte à Lusa.

A ULS da Guarda (que abrange 13 concelhos do distrito da Guarda, exceto o de Aguiar da Beira, que pertence ao Agrupamento de Centros de Saúde do Dão - Lafões) gere os hospitais da Guarda (Sousa Martins) e de Seia (Nossa Senhora da Assunção), e também 12 centros de saúde e duas unidades de saúde familiar (A Ribeirinha, na cidade da Guarda e a "Mimar Mêda", na cidade de Mêda), abrangendo cerca de 142 mil habitantes.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.092.736 mortos resultantes de mais de 97,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.920 pessoas dos 609.136 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: Multas cobradas no momento; Hong Kong confina dois bairros

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório