Meteorologia

  • 08 MARçO 2021
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Covid-19: Ponte da Barca pede encerramento de escolas

O presidente da Câmara de Ponte da Barca pediu hoje a suspensão do ensino presencial "face ao agravamento da situação epidemiológica na comunidade escolar", com 20 novos casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2 detetados em dois dias".

Covid-19: Ponte da Barca pede encerramento de escolas
Notícias ao Minuto

23:23 - 20/01/21 por Lusa

País Covid-19

Em declarações à agência Lusa, no final de uma reunião da comissão municipal de proteção civil, o social-democrata Augusto Marinho explicou que a decisão de pedir à Direção Geral da Saúde (DGS) a suspensão da atividade letiva presencial nos estabelecimentos de educação e ensino do concelho de Ponte da Barca, no distrito de Viana do Castelo, foi tomada, por unanimidade.

Na terça-feira, a Câmara de Ponte da Barca iniciou do rastreio voluntário da comunidade escolar, através de testes rápidos de deteção de antigénio para o Sars-Cov-2.

Segundo o autarca, o agrupamento de escolas é composto por 1.198 alunos, 137 professores e 86 auxiliares de ação educativa.

"Na terça-feira dos 408 testes realizados, dez tiveram resultado positivo, todos alunos. Hoje realizámos 201 despistes, e detetámos oito alunos e dois professores infetados".

"Na semana passada já tínhamos testado os 86 auxiliares de ação educativa, sendo que dois estão infetados com vírus SARS-CoV-2", destacou.

Segundo Augusto Marinho, a estes números "acrescem 250 estudantes que já não estão a ir à escola por se encontrarem em confinamento obrigatório ou isolamento profilático".

"Esses alunos não foram testados", ressalvou à Lusa no final da segunda reunião da comissão municipal de proteção civil realizada hoje.

"Na quinta-feira vamos realizar os testes que faltam, nomeadamente aos 100 alunos, 28 professores e sete auxiliares na Escola Profissional do Alto Lima (EPRALIMA)", acrescentou.

Augusto Marinho adiantou que na segunda reunião da comissão municipal de proteção civil participaram o delegado de Saúde do distrito de Viana do Castelo, o diretor do agrupamento de escolas de Ponte da Barca, a presidente da Associação de Pais do agrupamento de escolas de Ponte da Barca e o diretor-geral da Escola Profissional do Alto Lima (EPRALIMA).

"Foi decidido solicitar à Administração Regional de Saúde do Norte, à Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGESTE) e ao Instituto da Segurança Social (ISS) que diligenciem, junto da Direção-Geral da Saúde (DGS), a suspensão da atividade letiva presencial nos estabelecimentos de educação e ensino do Concelho de Ponte da Barca, com efeitos imediatos e até que a mesma se justifique, mediante a monitorização da situação", referiu.

"Esta é uma medida urgente que deve ser tomada num momento em que ainda é possível controlar uma maior propagação em contexto escolar", sustentou.

Além do rastreio à comunidade escolar, "integralmente suportado pela Câmara Municipal, na semana passada foram testados os 267 funcionários municipais onde se incluem as auxiliares de ação educativa".

O presidente da Câmara de Ponte da Barca, retomou a atividade na segunda-feira, após ter recuperado da infeção pelo vírus SARS-CoV-2.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.058.226 mortos resultantes de mais de 96,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.465 pessoas dos 581.605 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: Deve "fechar tudo"; Variante? Confinamento tem de ser cumprido

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório