Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Há 14 distritos sob aviso devido à chuva, vento e agitação marítima

Catorze distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de chuva e vento fortes e agitação marítima, segundo o Instituto Português do Mar da Atmosfera (IPMA).

Há 14 distritos sob aviso devido à chuva, vento e agitação marítima

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Porto, Aveiro, Viseu, Coimbra e Leiria estão sob aviso amarelo até às 15h00 de hoje por causa da previsão de chuva por vezes forte e acompanhada de trovoadas.

O IPMA colocou também os distritos de Viana do Castelo, Vila Real, Porto, Viseu, Castelo Branco e Faro sob aviso amarelo até sexta-feira devido à previsão de vento forte do quadrante sul com rajadas até 85 quilómetros por hora no litoral e até 100 quilómetros por hora nas terras altas.

Toda a costa portuguesa (Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro) está também sob aviso amarelo por causa da agitação marítima, com ondas com 4 a 4,5 metros até às 03h00 de sábado.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA informou na terça-feira que Portugal continental iria ser afetado a partir da tarde de terça-feira e até hoje por vento e precipitação fortes e agitação marítima associadas à passagem da depressão Gaetan.

Face ao quadro meteorológico, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) alertou para a possibilidade da ocorrência de cheias em meio urbano e nas áreas de maior vulnerabilidade, assim como a acumulação de gelo, neve e formação de lençóis de água na estrada, recomendando comportamentos adequados, sobretudo nas zonas de maior risco.

Proteção Civil registou 108 ocorrências sem gravidade em todo o país

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) registou entre as 16h00 de terça-feira e as 07h00 de hoje 108 ocorrências sem gravidade em todo o país devido à chuva e vento devido à depressão Gaetan.

Fonte da ANEPC disse à Lusa, cerca das 08h30, que entre as 16h00 de terça-feira, altura em que foi emitido um alerta pela proteção civil devido ao mau tempo, e as 07h00 de hoje, foram registadas 108 ocorrências devido a pequenas inundações e quedas de árvores.

"Foram ocorrências sem gravidade. Não há registo de danos materiais ou humanos", disse a mesma fonte.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório