Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Portugal é o país do mundo com mais novos casos por milhão de habitantes

Situação epidemiológica em Portugal agrava-se. O Governo poderá endurecer as medidas do confinamento geral esta segunda-feira.

Portugal é o país do mundo com mais novos casos por milhão de habitantes

Portugal é agora o país do mundo com mais novos casos de Covid-19 por milhão de habitantes, ultrapassando os países que têm sido mais afetados pela pandemia, de acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins.

A seguir a Portugal, o Líbano é o segundo país com maior registo diário de contágios por SARS-CoV-2 em relação à população.

Espanha ocupa o terceiro lugar, seguindo-se depois o Reino Unido, a República Checa, a Eslovénia, os EUA, a Irlanda, Israel, Letónia e Chipre.

No que diz respeito às mortes diárias por Covid-19, Portugal é o quarto pior do mundo por milhão de habitantes (15,9), surgindo atrás do Reino Unido (18,93), da Eslováquia (18,68) e da República Checa (16,15)

Desde o início do novo confinamento, na sexta-feira, pelo menos 477 pessoas morreram em Portugal por causa da Covid-19 e foram contabilizados quase 32 mil novos casos de infeção.

No domingo, Portugal registou o quinto dia consecutivo com mais de 10 mil novas infeções, e contabilizava mais de 134 mil casos ativos, segundo dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O número de hospitalizações também aumentou e atingiu 4.889 doentes no domingo, com 647 em unidades de cuidados intensivos. Desde março do ano passado, Portugal registou 549.801 casos de infeção e 8.861 mortos.

As medidas do novo confinamento geral têm um horizonte de um mês. António Costa admitiu que na segunda quinzena as restrições podem ser aligeiradas ou agravadas, mediante a evolução epidemiológica. No entanto, o caminho parece ser o do endurecimento das regras. Esta segunda-feira, o Governo reúne -se em sede de Conselho de Ministros extraordinário para fazer um balanço dos primeiros dias do confinamento e decidir medidas adicionais de combate à pandemia.

No domingo, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, alertou que a situação "é muito crítica" e considerou que o confinamento não está a ser levado a sério.

Marcelo Rebelo de Sousa admitiu um agravamento de medidas, que disse que apoiará, se for essa a decisão do Governo.

Também a ministra da Saúde, Marta Temido, se mostrou preocupada com o comportamento dos portugueses e alertou que todo o sistema de saúde está "muito próximo do limite".

O Conselho de Ministros aprovou, no dia 13, novas medidas para controlar a pandemia de covid-19, entre as quais o dever de recolhimento domiciliário, que entraram em vigor às 00h00 de sexta-feira passada.

Entre as medidas, estão restrições à circulação da população, obrigatoriedade do teletrabalho e encerramento do comércio, com exceção dos estabelecimentos de bens e serviços essenciais.

As escolas permanecem abertas em todos os níveis de ensino, mas os centros de apoio ao estudo encerraram.

A nível mundial, a pandemia de covid-19 provocou mais de dois milhões de mortos em quase 95 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença da covid-19, detetado pela primeira vez na China, em dezembro de 2019.

Leia Também: AO MINUTO: Situação "muito crítica"; Que medidas (ainda) mais apertadas?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório