Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
12º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Alívios? Regras? Concelhos? Tudo o que precisa de saber para este Natal

A partir das 00h desta quinta-feira, 24 de dezembro, entra em vigor o sétimo Estado de Emergência que estará em vigor até 7 de janeiro. Sabe todas as regras que aí vêm? E em que nível de risco estará o seu concelho nos próximos dias? O Notícias ao Minuto dá-lhe uma ajuda, com um guia que lhe tirará todas as dúvidas.

Alívios? Regras? Concelhos? Tudo o que precisa de saber para este Natal

Apesar da entrada em vigor do Estado de Emergência esta noite, ao próximo sábado (dia 26) há um alívio das medidas em vigor para Portugal Continental aplicadas devido à pandemia de Covid-19. 'Cai' a proibição de circulação entre concelhos e o recolher obrigatório passa a ser às 2h da madrugada na véspera e dia de Natal. Mas ainda se lembra das regras que estão em vigor no Natal? E em que nível de risco estará o seu concelho a partir de amanhã? Preparámos um guia que lhe tirará todas as dúvidas

De acordo com o decreto que regulamenta a prorrogação do Estado de Emergência decretado pelo Presidente da República devido à pandemia de Covid-19, que entra em vigor às 00h de quinta-feira, nos concelhos de risco elevado, muito elevado e extremo de contágio pelo novo coronavírus a proibição de circulação na via pública entre as 23h e as 5h não é aplicável "para as pessoas que se encontrem em viagem".

Na quinta e sexta-feira, véspera e dia de Natal, respetivamente, o recolher obrigatório nesses concelhos de maior risco de contágio é aplicado apenas entre as 2h e as 5h. Já no sábado, dia 26 de dezembro, para os municípios nos níveis de risco muito elevado e extremo a proibição de circulação na via pública inicia-se apenas às 23h e não às 13h, como tem acontecido nos últimos fins de semana.

Além disso, o "dever geral de recolhimento domiciliário" que existe nos concelhos de risco elevado, muito elevado e extremo de contágio entre as 5h e as 23h não é aplicável entre hoje e sábado. Além disso, na véspera e no dia de Natal, os restaurantes de todos os concelhos do território continental podem funcionar até às 1h, devendo as novas admissões ser feitas até às 00h. Também nestes dias, os horários de encerramento não se aplicam aos estabelecimentos culturais.

Confuso? Eis uma ajuda

  • Circulação entre concelhos - Permitida 
  • Circulação na via pública - Noite de 23 para 24: permitida apenas para quem se encontre em viagem; Dias 24 e 25: permitida até às 2h do dia seguinte; Dia 26: permitida até às 23h.
  • Horários de funcionamento - Nas noites de 24 e 25, funcionamento dos restaurantes permitido até à 1h; No dia 26, funcionamento dos restaurantes permitido até às 15h30 nos concelhos de risco muito elevado e extremo; Nos dias 24 e 25 os horários de encerramento não se aplicam aos estabelecimentos culturais. 

No domingo, dia 27, os concelhos de risco muito elevado e extremo voltam a ter recolher obrigatório a partir das 13h00 e o comércio e a restauração também tem de fechar a essa hora.

E o seu concelho, em que nível de risco está? 

109 concelhos de Portugal continental estão nos níveis de risco muito elevado e extremo de contágio pelo novo coronavírus, menos seis do que no início do mês. A nova lista que divide os municípios entre os níveis moderado, elevado, muito elevado e extremo de contágio foi divulgada pelo Governo na semana passada, mas apenas produzirá efeito a partir da meia-noite de quinta-feira, quando entrar em vigor o novo Estado de Emergência, que se prolonga até às 23h59 de 7 de janeiro.

Segundo a nova lista de níveis de risco, existem agora 30 concelhos em risco extremo de contágio, menos cinco do que em 2 de dezembro, e 79 em risco muito elevado, mais um do que no início do mês. O número de concelhos considerados de risco elevado permanece inalterado, 92, enquanto os municípios de risco moderado são agora 77, mais quatro do que no princípio do mês.

Confira a lista atualizada

Concelhos de Risco Moderado 

  1. Albufeira
  2. Alcobaça
  3. Alcoutim
  4. Aljezur
  5. Aljustrel
  6. Almeirim
  7. Almodôvar
  8. Alpiarça
  9. Alvaiázere
  10. Alvito
  11. Arcos de Valdevez
  12. Arganil
  13. Arraiolos
  14. Arronches
  15. Avis
  16. Barrancos
  17. Beja
  18. Benavente
  19. Bombarral
  20. Borba
  21. Cadaval 
  22. Carrazeda de Ansiães 
  23. Castro Marim 
  24. Castro Verde
  25. Constância 
  26. Coruche 
  27. Cuba 
  28. Entroncamento 
  29. Estremoz 
  30. Ferreira do Alentejo 
  31. Ferreira do Zêzere 
  32. Fornos de Algodres
  33. Fronteira
  34. Góis 
  35. Lagoa 
  36. Lagos 
  37. Mação
  38. Mangualde
  39. Mêda 
  40. Melgaço 
  41. Monchique 
  42. Mora 
  43. Moura
  44. Nazaré 
  45. Oleiros
  46. Olhão 
  47. Oliveira de Frades
  48. Ourique
  49. Pampilhosa da Serra
  50. Paredes de Coura 
  51. Pedrógão Grande 
  52. Penalva do Castelo
  53. Ponte de Sor 
  54. Portel 
  55. Proença-a-Nova 
  56. Redondo 
  57. Santiago do Cacém 
  58. São Brás de Alportel 
  59. Sardoal 
  60. Sertã 
  61. Silves 
  62. Sines 
  63. Sousel 
  64. Tábua 
  65. Tavira 
  66. Tomar
  67. Viana do Alentejo 
  68. Vidigueira 
  69. Vila de Rei
  70. Vila do Bispo 
  71. Vila Nova da Barquinha 
  72. Vila Nova de Cerveira 
  73. Vila Nova de Foz Côa 
  74. Vila Nova de Paiva 
  75. Vila Nova de Poiares
  76. Vila Real de Santo António
  77.  Vila Viçosa 

Concelhos de Risco Elevado

  1. Abrantes
  2. Alandroal 
  3. Alcácer do Sal 
  4. Alcanena
  5. Alcochete
  6. Alijó
  7. Amadora 
  8. Arruda dos Vinhos
  9. Aveiro 
  10. Batalha 
  11. Belmonte
  12. Cabeceiras de Basto 
  13. Caldas da Rainha 
  14. Campo Maior 
  15. Cantanhede
  16. Carregal do Sal
  17. Cartaxo 
  18. Cascais 
  19. Castanheira de Pêra 
  20. Castelo de Paiva
  21. Castro Daire 
  22. Celorico da Beira
  23. Celorico de Basto 
  24. Coimbra 
  25. Condeixa-a-Nova 
  26. Covilhã 
  27. Elvas 
  28. Faro 
  29. Figueira da Foz 
  30. Fundão
  31. Golegã 
  32. Gouveia
  33. Leiria 
  34. Loulé 
  35. Loures 
  36. Lourinhã 
  37. Lousã 
  38. Macedo de Cavaleiros
  39. Mafra 
  40. Manteigas 
  41. Marinha Grande
  42. Mira 
  43. Mirandela 
  44. Mogadouro 
  45. Moimenta da Beira 
  46. Montemor-o-Velho 
  47. Nisa 
  48. Óbidos 
  49. Odemira 
  50. Odivelas
  51. Oeiras 
  52. Oliveira do Bairro
  53. Ourém 
  54. Palmela 
  55. Penedono 
  56. Penela 
  57. Peniche 
  58. Pombal 
  59. Portimão 
  60. Reguengos de Monsaraz
  61. Ribeira de Pena 
  62. Rio Maior 
  63. Sabrosa
  64. Salvaterra de Magos
  65. Santa Comba Dão 
  66. Santarém 
  67. São João da Pesqueira 
  68. São Pedro do Sul 
  69. Sátão 
  70. Seixal 
  71. Sesimbra
  72. Setúbal
  73. Sever do Vouga 
  74. Sintra 
  75. Sobral de Monte Agraço 
  76. Soure 
  77. Tarouca 
  78. Tondela 
  79. Torres Novas
  80. Torres Vedras 
  81. Trancoso 
  82. Vagos 
  83. Vale de Cambra 
  84. Valença
  85. Vendas Novas 
  86. Viana do Castelo 
  87. Vila Flor
  88. Vila Franca de Xira
  89. Vila Velha de Ródão 
  90. Vinhais 
  91. Vizela
  92. Vouzela 

Concelhos de Risco Muito Elevado

  1. Águeda
  2. Albergaria-a-Velha 
  3. Alenquer 
  4. Alfândega da Fé 
  5. Almada 
  6. Almeida
  7. Amarante 
  8. Amares 
  9. Anadia 
  10. Ansião 
  11. Arouca 
  12. Azambuja 
  13. Baião 
  14. Barreiro 
  15. Boticas 
  16. Braga 
  17. Caminha 
  18. Castelo Branco 
  19. Chamusca 
  20. Cinfães 
  21. Espinho 
  22. Estarreja 
  23. Évora 
  24. Fafe 
  25. Felgueiras
  26. Figueira de Castelo Rodrigo 
  27. Figueiró dos Vinhos 
  28. Freixo de Espada à Cinta 
  29. Gondomar 
  30. Grândola 
  31. Guarda 
  32. Idanha-a-Nova 
  33. Ílhavo 
  34. Lamego 
  35. Lisboa 
  36. Lousada 
  37. Maia 
  38. Marco de Canaveses
  39. Matosinhos 
  40. Mealhada
  41. Mértola 
  42. Mesão Frio
  43. Miranda do Corvo 
  44. Miranda do Douro 
  45. Moita
  46. Monção 
  47. Montalegre 
  48. Montemor-o-Novo 
  49. Montijo
  50. Murça 
  51. Murtosa
  52. Nelas 
  53. Oliveira do Hospital 
  54. Ovar 
  55. Paços de Ferreira 
  56. Paredes
  57. Penacova
  58. Penafiel 
  59. Peso da Régua 
  60. Ponte da Barca
  61. Ponte de Lima
  62. Portalegre 
  63. Porto
  64. Porto de Mós 
  65. Resende 
  66. Sabugal 
  67. Santa Maria da Feira 
  68. Santo Tirso
  69. São João da Madeira 
  70. Seia 
  71. Sernancelhe 
  72. Serpa 
  73. Terras de Bouro
  74. Torre de Moncorvo 
  75. Valongo 
  76. Vila Nova de Gaia 
  77. Vila Real 
  78. Vila Verde 
  79. Viseu 

Concelhos de Risco Extremamente Elevado

  1. Aguiar da Beira 
  2. Alter do Chão
  3. Armamar
  4. Barcelos 
  5. Bragança 
  6. Castelo de Vide 
  7. Chaves 
  8. Crato 
  9. Esposende 
  10. Gavião 
  11. Guimarães 
  12. Marvão 
  13. Mondim de Basto 
  14. Monforte 
  15. Mortágua 
  16. Mourão
  17. Oliveira de Azeméis
  18. Penamacor 
  19. Pinhel 
  20. Póvoa de Lanhoso 
  21. Póvoa de Varzim
  22. Santa Marta de Penaguião
  23. Tabuaço
  24. Trofa 
  25. Valpaços
  26. Vieira do Minho 
  27. Vila do Conde 
  28. Vila Nova de Famalicão 
  29. Vila Pouca de Aguiar 
  30. Vimioso 

Que conselhos deu Graça Freitas para este Natal? 

diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, recordou, na conferência de imprensa que realizou esta terça-feira, as medidas que todos os portugueses têm de seguir nesta quadra que se avizinha para ficarem em segurança face ao vírus. "Nesta época festiva, o convívio, seja entre coabitantes ou entre núcleos familiares distintos, pode assumir um grande relevo na transmissão do vírus", disse. Já "os afetos devem ser transmitidos mantendo-se a distância física".

São elas:

  • "Cumprir todas as regras em vigor no seu concelho;
  • Se estiver em isolamento por doença ou em isolamento profilático, não contactar com outras pessoas;
  • Manter as medidas básicas de distância física, utilização de máscara, higiene das mãos e etiqueta respiratória;
  • Reduzir os convívios presenciais;
  • Reduzir o tempo de convívio com outras pessoas;
  • Evitar a partilha de objetos;
  • Garantir o arejamento dos espaços e a desinfeção das superfícies."

Os últimos dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde, esta quarta-feira, dão conta de mais 89 mortos e 4.602 novos casos nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia, já foram contabilizados em Portugal 6.343 óbitos e 383.258 casos da doença.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por República Portuguesa (@gov_pt)

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório