Meteorologia

  • 12 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Covid-19: Há 59 reclusos infetados no Estabelecimento Prisional de Lisboa

Dos 172 resultados recebidos na manhã desta quinta-feira, há 59 reclusos e um trabalhador contagiados pelo novo coronavírus no Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL), confirmam os Serviços Prisionais em comunicado.

Covid-19: Há 59 reclusos infetados no Estabelecimento Prisional de Lisboa
Notícias ao Minuto

11:06 - 12/11/20 por Melissa Lopes

País Covid-19

Em resposta ao Notícias ao Minuto, os Serviços Prisionais confirmam que os 172 resultados recebidos na manhã desta quinta-feira indicam haver um trabalhador e 59 reclusos que testaram positivo à Covid 19 no Estabelecimento Prisional de Lisboa. 

"Neste quadro e no âmbito do plano de contingência, a DGRSP determinou a afetação dos reclusos positivos, genericamente assintomáticos, a uma única Ala do Estabelecimento Prisional de Lisboa onde permanecerão em isolamento, separados da restante população prisional e sob vigilância e acompanhamento", lê-se na nota da Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

Devido ao surto, ficam suspensas as atividades de formação escolar e profissional e de trabalho, bem como as visitas, com exceção das dos advogados. 

"Os reclusos manterão, naturalmente, o direito legalmente consagrado a recreio a céu aberto e a telefonar", assegura a DGRSP, informando ainda que todos os reclusos do EPL (cerca de 900) vão ser testados. Será igualmente realizada uma nova testagem aos cerca de 240 trabalhadores. 

"A DGRSP, em articulação estreita com a saúde pública e seguindo os seus planos de contingência, está empenhada na contenção deste surto no Estabelecimento Prisional de Lisboa, tendo em vista a salvaguardada saúde dos reclusos e dos trabalhadores", é sublinhado.

A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais informa ainda que a deteção deste surto surgiu na sequência de um caso positivo de um trabalhador, que levou o EPL a aivar o seu plano de contingência testando os reclusos internados nos Serviços Clínicos deste estabelecimento prisional, de onde resultou ficarem a conhecer-se seis casos positivos à Covid-19 em reclusos.

Depois disso, procedeu-se à testagem dos reclusos das alas H e C (cerca de 200) e dos trabalhadores identificados (cerca de 30) como tendo tido contactos suscetíveis de risco de contágio. Operação de testagem que se concluiu ao final da tarde de quarta-feira, dia 11. 

Num balanço feito na quinta-feira à agência Lusa, os serviços prisionais informaram que no sistema prisional foram detetados 248 casos de covid-19, afetando 80 trabalhadores e 168 reclusos, dos quais 148 da cadeia feminina de Tires. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório