Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2020
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Surto na GNR do Porto após almoços-convívio? Aberto processo interno

No Comando Territorial do Porto há 31 militares infetados com o novo coronavírus, estando outros 17 a aguardar resultado. No total, estão em quarentena 46 militares.

Surto na GNR do Porto após almoços-convívio? Aberto processo interno

A Guarda Nacional Republicana (GNR) informa, em comunicado enviado às redações esta sexta-feira, que determinou a abertura de um processo interno, para averiguar as circunstâncias do surto de Covid-19 na GNR do Porto que, escreve hoje o Jornal de Notícias, terá tido origem em almoços-convívio entre os miitares

O Comando da Guarda sublinha que "mantém como prioridade a prevenção da doença, a contenção da pandemia e a garantia da segurança de todos os militares da Guarda e dos cidadãos".

Nesse sentido, acrescenta, para além de garantir a distribuição de equipamento de proteção individual aos militares de todo o dispositivo, "está implementado um plano de contingência, ao qual são frequentemente acrescentadas medidas complementares, que prevê o cumprimento escrupuloso das medidas de preservação sanitária e conduta social em vigor". 

De acordo com o comunicado, no Comando Territorial do Porto, à data de 22 de outubro, encontram-se 31 militares positivos (no domicílio) e 17 militares suspeitos em isolamento a aguardar resultado de teste efetuado, perfazendo desta forma um total de 46 militares na situação de quarentena. Sendo o efetivo desta unidade de 1.625 militares, da situação "não resultou qualquer limitação ao cumprimento da missão da GNR", assegura a força de segurança. 

A GNR informa ainda que  as instalações foram desinfetadas pela Unidade de Emergência, de Proteção e de Socorro (UEPS).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório