Meteorologia

  • 23 NOVEMBRO 2020
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Portugal com mais 1.949 novos casos de Covid e 17 óbitos em 24 horas

A Direção-Geral da Saúde partilhou o novo balanço epidemiológico de evolução da Covid-19 em Portugal relativo às últimas 24 horas e que dá conta de que foi ultrapassada a 'barreira' dos 100 mil contágios desde o início da pandemia no país.

Portugal com mais 1.949 novos casos de Covid e 17 óbitos em 24 horas

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 1.949 infetados e 17 óbitos relacionados com a Covid-19. Desde que a pandemia chegou ao país, as autoridades contabilizaram 101.860 casos da doença e 2.198 vítimas mortais.  Portugal ultrapassou, assim, esta segunda-feira, a 'barreira' dos 100 mil casos. 

Em relação a domingo, há uma variação de 1,95% em relação ao número de casos e de 0,78% no que diz respeito aos óbitos

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde revela ainda que há 39.696 casos ativos da doença (mais 966 do que ontem). 

Quanto ao número de recuperados, é hoje de 59.966, o que traduz um aumento de 966 pessoas que recuperaram da Covid-19. 

O relatório sobre a evolução do SARS-CoV-2 em Portugal revela também que há mais de mil pessoas internadas. Em unidades hospitalares estão 1.174 infetados (mais 88 do que ontem) dos quais 165 em cuidados intensivos (mais 10)

Por regiões, a Norte registaram-se mais 987 casos (total é já de 40.436) e 12 mortos (971), segue-se a região de Lisboa com mais 749 contágios (48.161) e três óbitos (884), e o Centro com 133 novas infeções (8.347) e mais dois mortos (279).

O Alentejo registou nas últimas horas mais 35 casos, totalizando 2.026 desde o início da pandemia no país, e mantém o registo de vítimas nos 27. No mesmo sentido, o Algarve conta hoje com mais 32 contágios (2.231) e não registou qualquer óbito mantendo-se com 22 óbitos.

Nas ilhas, os Açores têm esta segunda-feira mais sete casos, totalizando 325, e mantêm inalterado o número de óbitos (15). Quanto à Madeira identificou mais seis contágios (334) e continua sem qualquer vítima mortal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório