Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2020
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Paredes. Cão 'obriga' ambulância a parar para se despedir do dono

Caso aconteceu em Cête e sensibilizou os bombeiros que descrevem a atitude do animal como um "ato de amor”.

Paredes. Cão 'obriga' ambulância a parar para se despedir do dono

Os Bombeiros Voluntários de Cête, no concelho de Paredes, ficaram sensibilizados com um dos seus últimos serviços e partilharam com os seguidores da sua página de Facebook o emocionante momento.

Um cão debilitado não quis deixar o dono, que precisava de ser transportado para o hospital, sozinho e quis despedir-se dele antes de ser levado de ambulância, por isso ladrou até que lhe abrissem as portas do veículo de emergência.

“Após os nossos operacionais colocarem a vítima no interior da ambulância e procederem aos restantes cuidados pré-hospitalares, notaram que um cãozinho latia do exterior”, começa por contar a corporação nas redes sociais.

Perante isto, os bombeiros abriram a porta e deixaram o animal ver o seu “dono e fiel amigo”.

“Cuidar de quem cuidou. Mesmo debilitado, este animal não deixou o seu dono sozinho e quis despedir-se dele antes de ir ao hospital”, revela ainda a corporação.

O momento ficou registado não só na memória de quem o presenciou como em fotografia. Na imagem vê-se um homem deitado na maca da ambulância e o cão ao colo de uma bombeira a olhar para o dono.

“As relações de proximidade não existem só entre os seres humanos. Num serviço de pré-hospitalar, deparamo-nos com um ato de amor”, salientaram os bombeiros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório