Meteorologia

  • 01 MARçO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Coimbra cede antiga escola para instalar Comando de Operações de Socorro

O município de Coimbra deliberou hoje ceder uma antiga escola nos arredores da cidade para instalar o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), através de um contrato de comodato por um período de 25 anos.

Coimbra cede antiga escola para instalar Comando de Operações de Socorro
Notícias ao Minuto

21:28 - 12/10/20 por Lusa

País CDOS

Na sessão de Câmara de hoje, o presidente da autarquia, Manuel Machado, referiu que a antiga escola básica da Pedrulha, outrora uma pujante zona industrial do concelho, possui "excelentes condições" para acolher aquele serviço da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

"É um sítio estratégico importantíssimo em termos de acessos", sublinhou o autarca, salientando que se trata de mais um contributo para instalar pessoas num local que se foi desertificando "vítima da desindustrialização".

Por outro lado, Manuel Machado frisou que as futuras instalações do CDOS de Coimbra permitem "libertar" o espaço ocupado atualmente na rua Antero de Quental, na cidade, que tem falta de condições de operacionalidade.

"As condições de operação [atuais] do CDOS são muito pouco adequadas. Havendo a possibilidade e sabendo que vai levar algum tempo a construir instalações de raiz, houve um desafio de podermos acolher todas aquelas funções e outras que virão na antiga escola primária da Pedrulha", disse o autarca, aos jornalistas.

O CDOS de Coimbra funciona atualmente em duas "casas de habitação sem condições operacionais minimamente aceitáveis", acrescentou.

"Quando nós exigimos a qualidade do serviço e tendo nós disponibilidade para melhorar essa qualidade, acolhemos", disse o presidente da Câmara de Coimbra, que, em junho, mostrou as instalações ao presidente da ANEPC, Tenente-General Mourato Nunes, e ao Comandante Distrital, Carlos Luís Tavares,

Na reunião de hoje, o município aprovou também o projeto de execução para obras de requalificação na Escola Básica do 1º Ciclo da Solum nº 10, cujo investimento atinge os 930 mil euros.

Segundo o vereador Jorge Alves, responsável pelo pelouro da Educação, está prevista uma profunda intervenção no refeitório, a ampliação da biblioteca, a pintura integral do edifício, exterior e interior, a remodelação integral da cobertura e dos espaços exteriores e a instalação de um novo sistema de aquecimento.

O autarca adiantou que o estabelecimento de ensino acolhe 250 crianças.

A Câmara aprovou ainda a execução do novo Parque Municipal de Skate junto ao Mondego, que irá nascer sob o viaduto da ponte Rainha Santa Isabel, na margem direita do rio Mondego.

O recinto desportivo, que vai ter uma área de cerca de 1.500 metros quadrados, vai dispor de elementos homologados "e que sejam capazes de o tornar num espaço ímpar para a prática desta modalidade, seja numa vertente de caráter lúdico ou de competição".

O investimento municipal na criação deste equipamento e na requalificação daquela zona ribeirinha, que conflui com vários troços da nova ciclovia, será superior a meio milhão de euros, estima a Câmara Municipal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório