Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Aulas em escola de Lisboa retomadas amanhã após reforço de funcionários

As aulas numa escola pública das Laranjeiras, em Lisboa, vão ser retomadas na terça-feira, anunciou hoje o agrupamento escolar, após a suspensão das atividades letivas devido à falta de funcionários, em que um destes testou positivo à covid-19.

Aulas em escola de Lisboa retomadas amanhã após reforço de funcionários

"As atividades letivas do 1.º ciclo são retomadas amanhã [terça-feira], dia 22 de setembro", informou o Agrupamento de Escolas das Laranjeiras, numa nota enviada hoje aos encarregados de educação e a que a Lusa teve acesso.

Além das aulas, "o serviço de Componente de Apoio à Família (CAF) também está assegurado", indicou o agrupamento desta escola pública em Lisboa.

Falando hoje à tarde na Comissão de Cultura, Educação, Juventude e Desporto da Assembleia Municipal de Lisboa, o vereador com o pelouro da Educação na Câmara de Lisboa, Manuel Grilo, disse que o município vai colocar três assistentes operacionais nesta escola das Laranjeiras, recorrendo à "bolsa de assistentes operacionais da própria" câmara para resolver a situação de falta destes funcionários.

Ao final da tarde do passado domingo, os encarregados de educação dos alunos da Escola Básica 1/Jardim de Infância (EB1/JI) das Laranjeiras foram informados que "o 1.º ciclo da EB1/JI das Laranjeiras não vai poder abrir nos próximos dias".

De acordo com o Agrupamento de Escolas das Laranjeiras, a suspensão das atividades letivas deveu-se a "não haver assistentes operacionais (AO) em número suficiente, uma vez que uma AO [Assistente Operacional] testou positivo à covid-19 e em sequência outras três vão ser testadas e ficar em isolamento".

Na comunicação enviada aos encarregados de educação, o agrupamento escolar reforçou que "a situação vai sendo avaliada dia a dia".

"Assim que tenhamos AO em número suficiente para abrir a escola, informá-lo-emos", garantiu o agrupamento.

Além da suspensão das aulas do 1.º ciclo, o serviço de CAF para o 1º ciclo também não pôde funcionar esta segunda feira.

A escola explicou aos encarregados de educação que, após ter sido informada do resultado do teste e ter comunicado com a delegada de saúde do Centro de Saúde Sete Rios, que decretou que "os contactos do caso positivo (três colegas de trabalho da assistente operacional), classificados como de alto risco, deverão ficar em isolamento profilático durante 14 dias desde a última exposição", foi contactada a Câmara Municipal de Lisboa para pedir a "colocação/deslocação de algumas AO para a escola".

A autarquia informou o agrupamento que "não tem AO que possa deslocar para colmatar a situação".

As aulas dos alunos do 1.º ciclo da EB1/JI das Laranjeiras começaram na quinta-feira.

A partir de quarta-feira, as equipas da CML e da área da saúde vão voltar a visitar todas as escolas públicas da cidade para "traçar novas estratégias de proteção" devido à pandemia de covid-19.

Segundo disse hoje à Lusa fonte do gabinete do vereador responsável pelo pelouro da Educação, Manuel Grilo (BE, partido que tem um acordo de governação da cidade com o PS), nas visitas estarão presentes os delegados de saúde locais, proteção civil e serviços de educação, em que "o objetivo será traçar novas estratégias de proteção com os agrupamentos de escolas e com todas as entidades intervenientes nas escolas, como as CAF e as AEC [Atividades Extra-Curriculares])".

Portugal contabiliza pelo menos 1.920 mortos associados à covid-19 em 69.200 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório