Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Baleou mortalmente homem em Viana. Sete anos depois, foi detido em França

Crime ocorreu em 2013. O detido é ainda suspeito de ter ferido o irmão da vítima mortal.

Baleou mortalmente homem em Viana. Sete anos depois, foi detido em França

Volvidos sete anos, a Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga e da Unidade de Cooperação Internacional, procedeu à extradição de França para Portugal, sob detenção, de um homem de 36 anos, suspeito da prática de um crime de homicídio qualificado e de um crime de ofensa à integridade física qualificada.

Em causa estão crimes que remontam a 15 de janeiro de 2013 na cidade de Viana do Castelo e que vitimaram dois irmãos, recorda a PJ em comunicado. 

O primeiro foi atingido por golpes de arma branca e o segundo foi atingido mortalmente com um tiro de uma espingarda caçadeira, quando, acompanhado por outros familiares, procuravam o suspeito, junto da respetiva residência.

Na sequência dos factos e ainda nessa noite, relata a autoridade, o suspeito colocou-se em fuga, ausentando-se para o estrangeiro onde tinha familiares emigrados.

Ao longo dos últimos anos, "houve intensa troca de informação entre a Polícia Judiciária e as congéneres europeias", visando a localização do suspeito, o qual acabou por ser localizado em França, pela Polícia Francesa.

A PJ refere ainda que o arguido se identificou com o nome de um familiar, "procurando iludir o controlo policial", contudo, através da partilha de informação internacional, "rapidamente foi confirmada a verdadeira identidade". 

O detido vai ser, ainda esta quarta-feira, presente à autoridade judiciária para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório