Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Insolvência dolosa. Mudou de nome para fugir a responsabilidades

O suspeito, que se apresentou à insolvência por ter dívidas no valor aproximado de 6 milhões de euros, foi detido pela Polícia Judiciária.

Insolvência dolosa. Mudou de nome para fugir a responsabilidades
Notícias ao Minuto

13:56 - 02/08/20 por Filipa Matias Pereira 

País insolvência dolosa

Tem 60 anos, é estrangeiro e era sócio gerente de uma sociedade proprietária de vários estabelecimentos comerciais. Falamos de um homem que foi detido pela Polícia Judiciária e que está fortemente indiciado pelos crimes de insolvência dolosa e falsificação de documentos.

O tribunal decretou a insolvência do suspeito por este não conseguir liquidar dívidas que tinha num valor aproximado de 6 milhões de euros. O montante era devido essencialmente a instituições bancárias, ao Estado, mas também a fornecedores e funcionários.

Depois de decretar falência da sociedade, em 2013, o homem fez desaparecer parte do seu património lesando os credores. Para além disso, refere o comunicado enviado às redações, procedeu à alteração do seu nome e identidade "para se eximir às suas responsabilidades penais e civis".

Saliente-se que os estabelecimentos comerciais de que era proprietário estavam integrados no ramo têxtil, calçado, eletrodomésticos e móveis, e localizavam-se em Faro, Lisboa, Portimão e Olhão.

O homem foi presente a interrogatório judicial e foram-lhe aplicadas as medidas de coação de obrigatoriedade de entrega do passaporte e apresentação trissemanal ao órgão de polícia criminal da sua área de residência.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório