Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Descarrilamento: Marcelo deverá visitar os feridos graves amanhã à tarde

Chefe de Estado admitiu visitar os feridos mais graves, hospitalizados em Coimbra, durante o fim de semana.

Descarrilamento: Marcelo deverá visitar os feridos graves amanhã à tarde

Marcelo Rebelo de Sousa confirmou, através de um telefonema à RTP, que já foi aberto um inquérito "para inquirir o que se passou" e que já está "no terreno" uma "estrutura" para tentar perceber o que aconteceu no descarrilamento que fez pelo menos dois mortes e nove feridos graves na tarde desta sexta-feira. 

"O apuramento que está em curso é importante, nomeadamente porque envolveu um número muito elevado de portugueses e, felizmente, para a dimensão grave do acidente sem as consequências que no primeiro momento se temeu" disse o Presidente da República, elogiando a forma como a Câmara de Soure criou condições para o atendimento dos muitos passageiros do comboio acidentado e a "rapidez com que foi instaurado o inquérito". 

Marcelo admitiu ainda a possibilidade de amanhã à tarde se deslocar Coimbra para visitar os doentes mais graves deste acidente.

Neste momento, o Presidente encontra-se a Sul, no Algarve, e amanhã participa nas cerimónias fúnebres do bombeiro da corporação de Cuba, no Alentejo, que tinha ficado ferido no incêndio de Castro Verde. A caminho do local do acidente, Soure, está o ministro Pedro Nuno Santos. 

O descarrilamento do comboio vai ser investigado pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF). 

Numa nota do site da Presidência, o Chefe de Estado lamentou o "grave acidente" em Soure, apresentando as condolências às famílias e amigos das vítimas. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório