Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2020
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Costa manifesta "profundo pesar e consternação" por morte de bombeiro

Primeiro-ministro emitiu nota de pesar.

Costa manifesta "profundo pesar e consternação" por morte de bombeiro

António Costa manifestou, na noite deste sábado, "profundo pesar e consternação" pelo "trágico falecimento" do bombeiro voluntário José Augusto Dias no incêndio que deflagrou ao final do dia na serra da Lousã. 

"À família e amigos do chefe José Augusto Dias e à corporação de bombeiros de Miranda do Corvo, apresento em meu nome e de todo o governo os sentidos pêsames", lê-se na nota de pesar assinada pelo primeiro-ministro. 

António Costa deseja ainda uma boa recuperação aos bombeiros feridos no mesmo incêndio. 

"Um abraço sentido a todos os que com o seu esforço e dedicação, todos os dias trabalham no combate às chamas, na defesa da floresta, das populações e de Portugal", finaliza o primeiro-ministro. 

O Presidente da República, o ministro Eduardo Cabrita e a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil também já lamentaram a morte do bombeiro no combate às chamas na serra da Lousã. 

O incêndio na encosta da serra da Lousã deflagrou pouco depois das 18 horas deste sábado, numa altura em que trovoadas secas potenciaram muitos focos em toda a região Norte e Centro.

Para o teatro de operações na serra da Lousã foram mobilizados 250 operacionais e 70 veículos. O incêndio foi, entretanto, dado como dominado por volta das 21h00. No local decorrem ainda as operações de rescaldo e vigilância, faz ainda saber a ANEPC

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório