Meteorologia

  • 03 MARçO 2021
Tempo
20º
MIN 9º MÁX 20º

Edição

Paços de Ferreira. Empresa reabre na próxima semana após casos positivos

A Câmara de Paços de Ferreira informou hoje que a empresa onde foram detetados, no domingo, três casos de covid-19 encontra-se encerrada e que só retomará a atividade na próxima semana.

Paços de Ferreira. Empresa reabre na próxima semana após casos positivos
Notícias ao Minuto

15:24 - 07/07/20 por Lusa

País Covid-19

Fonte da autarquia acrescentou não ter conhecimento de novos casos de covid-19 naquela unidade fabril da localidade de Eiriz, onde laboram cerca de duas dezenas de pessoas.

A decisão de encerramento da fábrica, disse ainda, foi tomada pelo empresário, a título preventivo, para permitir o isolamento profilático.

O município, acrescentou, por outro lado, não haver registo de casos de covid-19 na comunidade educativa da Escola Básica n.º 2, para além dos seis revelados no domingo.

Os testes realizados entre familiares e outras pessoas com possíveis contactos com os casos positivos de covid-19 não se traduziram num avanço do surto, informa a edilidade.

No domingo, o presidente da autarquia, Humberto Brito, disse à Lusa que tinham sido detetados seis casos na escola, envolvendo alunos, funcionários e docentes e alunos.

A escola foi encerrada preventivamente e, segundo revelou hoje a autarquia, ainda decorrem os trabalhos de desinfeção das instalações.

Também hoje foi anunciado pelo município que um colaborador da autarquia foi testado positivo à covid-19, acrescentando-se que a autoridade de saúde está a "avaliar o nível de risco de contacto para os demais colaboradores do município".

Segundo um comunicado, "o colaborador tem ligações aos casos surgidos [no domingo] na Escola Básica n.º 2 de Paços de Ferreira" e "exercia funções no edifício sede".

Revela ainda a autarquia que foi decidido pela autoridade de saúde proceder hoje à "despistagem de todos os colaboradores que prestam o seu trabalho no edifício sede da câmara municipal".

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 538 mil mortos e infetou mais de 11,64 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.629 pessoas das 44.416 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório