Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Covid-19: Bairro português em Malaca assinala São João e São Pedro

O bairro português em Malaca vai hoje assinalar o São João e para a semana o São Pedro, apesar de este ano as celebrações serem mais restritas devido à covid-19, disse à Lusa um dos seus representantes.

Covid-19: Bairro português em Malaca assinala São João e São Pedro

"Apesar da atual pandemia mundial", frisou Joseph Santa Maria, os lusodescendentes do bairro português em Malaca "vão fazer as suas celebrações tradições do San Juang (São João) e do San Pedro (São Pedro)", tradição que "remonta há vários séculos, introduzida pelos portugueses".

Os cerca de mil a dois mil lusodescendentes em mais de 110 casas vão acender velas "na frente das casas hoje à noite", garantiu o representante da minoria luso-malaia perante o estado de Malaca.

Além disso, sublinhou Joseph Santa Maria, "as tradições também incluem crianças vestidas com roupas verdes", uma cor que representa a "pureza das crianças".

Já na próxima semana, em 29 de junho, é assinalado o São Pedro.

"Estamos a planear algo também com o apoio do Governo para permitir que as restrições da covid-19 sejam agora um pouco mais flexíveis. Esperamos ter um programa de uma hora, em particular a bênção dos barcos de pesca, que é feita todos os anos", afirmou.

No ano passado, o então secretário de Estado das Comunidades Portugueses, José Luís Carneiro, participou na procissão e bênção dos barcos de pesca, dois eventos que juntam centenas de luso-malaios no Bairro Português da cidade, após ter marcado presença na 2.ª Conferência das Comunidades Portuguesas na Ásia.

Em 2019, o encontro juntou no Bairro Português de Malaca representantes das comunidades asiáticas descendentes de portugueses, numa iniciativa de partilha das raízes culturais, com cerca de 300 luso-asiáticos, de várias comunidades do continente.

A relação de Portugal com Malaca remonta a 1509 quando Diogo Lopes Sequeira, enviado do Rei D. Manuel, aportou em Malaca para estabelecer relações com o soberano local e dois anos mais tarde Afonso de Albuquerque desembarcou em Malaca, demoliu a Grande Mesquita, e levantou no local uma fortaleza que seria um importante entreposto comercial.

Na mesma altura surge o crioulo de matriz portuguesa kristang, uma língua agora ameaçada de extinção, que emprega a maior parte do seu vocabulário do português, mas a sua estrutura gramatical é semelhante ao malaio e extrai as suas influências dos dialetos chinês e indiano.

Depois de 100 anos de domínio português, a cidade foi tomada pelos holandeses, depois pelos ingleses, até à independência da Malásia, em 1957.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 472 mil mortos e infetou mais de 9,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório