Meteorologia

  • 13 JULHO 2020
Tempo
25º
MIN 23º MÁX 37º

Edição

Oliveira do Hospital desconta 50% na água entre março e maio

A Câmara de Oliveira do Hospital vai cobrar apenas metade do valor das faturas da água dos últimos três meses aos munícipes com tarifário doméstico, anunciou hoje a autarquia.

Oliveira do Hospital desconta 50% na água entre março e maio
Notícias ao Minuto

18:23 - 28/05/20 por Lusa

País Covid-19

Uma fonte do município de Oliveira do Hospital, no distrito de Coimbra, disse à agência Lusa que o desconto de 50% às famílias "abrange o consumo de água e o saneamento, em março, abril e maio", período em que "a maioria das pessoas cumpriu confinamento" em casa, devido à pandemia da covid-19.

"Este desconto, que aparecerá refletido nas próximas três faturas emitidas aos clientes domésticos, visa contribuir para aliviar o esforço financeiro e perdas de rendimentos das famílias no contexto da pandemia", afirma em comunicado a Câmara Municipal, presidida por José Carlos Alexandrino.

Por outro lado, no mesmo período, "como forma de ajudar as empresas no atual contexto social e económico, os chamados clientes de tarifário não doméstico (comércio, indústria e serviços, por exemplo) vão ficar isentos (...) do pagamento das tarifas fixas" da fatura da água e sistema de esgotos.

Aprovada por unanimidade na reunião de hoje do executivo, a medida "representa um investimento de cerca de 150 mil euros", adianta.

Citado na nota, José Carlos Alexandrino realça que "estes descontos na fatura da água estão em sintonia com as recomendações da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), uma vez que não põem em causa a sustentabilidade do sistema".

"Relativamente a faturas em atraso, a Câmara Municipal permite o pagamento em prestações e sem juros, tendo suspendido as execuções fiscais e os cortes de fornecimento até 30 de setembro", indicando que estão ao mesmo tempo em vigor "os tarifários especiais para famílias carenciadas e numerosas, assim como o tarifário para a coesão".

Até hoje, Portugal contabiliza 1.369 mortos associados à covid-19 em 31.596 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Face ao dia anterior, há mais 13 mortos (+1%) e mais 304 casos de infeção (+1%).

O número de pessoas hospitalizadas subiu de 510 para 512, das quais 65 se encontram em unidades de cuidados intensivos (menos uma). O número de doentes recuperados é de 18.637.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório