Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2020
Tempo
19º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

"Ainda não é seguro deixar as crianças brincar nos parques infantis"

Estado de Emergência terminou, mas regras do distanciamento social e o dever cívico de recolhimento prevalecem.

"Ainda não é seguro deixar as crianças brincar nos parques infantis"

O país vive este domingo o primeiro dia da situação de calamidade pública, depois de três Estados de Emergência devido à pandemia de Covid-19.

A partir de agora, os portugueses vão começar a recuperar, de forma faseada, alguma da normalidade pré-pandemia. O que não significa fazer tudo como dantes: continua a imperar a regra do distanciamento social e o dever cívico de recolhimento, além das normas da boa higiene e etiqueta respiratória.

Por exemplo, ainda não é seguro deixar as crianças brincar nos parques infantis, alerta a Câmara Municipal de Lisboa. 

Com o bom tempo, os parques podem ser muito apetecíveis para os mais pequenos, mas lembre-se: "Temos tempo, os equipamentos vão continuar lá, à espera do som das gargalhadas dos mais pequenos".

A autarquia apela ainda a sair de casa apenas em caso de necessidade e a respeitar as recomendações das forças de segurança. 

Portugal regista este domingo 1043 mortes associadas à Covid-19, mais 20 do que no sábado, e 25.282 infetados (mais 92), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

De lembrar que a partir de amanhã, segunda-feira, passará a ser obrigatório o uso de máscara nos locais fechados, sendo que está prevista uma multa para quem não o faça nos transportes públicos. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório