Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Estudo prevê que fim da pandemia em Portugal aconteça em meados de julho

As previsões são feitas com base nos dados fornecidos pelos diferentes países, atualizados diariamente.

Estudo prevê que fim da pandemia em Portugal aconteça em meados de julho

Quando será o fim da pandemia de Covid-19 em Portugal? Esta 'pergunta para um milhão de dólares' foi respondida por um grupo de investigadores da Universidade de Singapura, que apontam o dia 17 de julho de 2020 como o dia em que Portugal terá o seu último caso de infeção. Isto não significa, claro, que uma nova onda do surto não possa surgir. 

As previsões para Portugal e para outros países como os Estados Unidos (fim previsto a 13 de setembro), Espanha (fim previsto a 2 de agosto) ou Itália (fim previsto a 10 de outubro) são feitas com base nos dados fornecidos pelos diferentes países, atualizados diariamente.

Para simplificar a leitura destes dados, a Universidade de Singapura lançou um site onde partilha gráficos

Os investigadores avisam, porém, que os dados podem ser incertos, apesar da constante atualização. Segundo os mesmos, “o otimismo excessivo baseado em algumas datas de término previstas é perigoso, pois pode levar a falhas na disciplina e controlo”, lê-se no site.

Ainda de acordo os dados fornecidos por este estudo, a pandemia pode ser dada como terminada a a nível mundial em 1 de dezembro deste ano.

Recorde-se que Portugal contabiliza 973 mortos associados à Covid-19 e 24.505 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia divulgado esta quarta-feira.

Os Estados Unidos continuam a ser o país com registo de mais mortos e de casos confirmados.

Seguem-se Itália (27.682 mortos, mais de 203 mil casos), Reino Unido (26.097 mortos, mais de 162 mil casos), Espanha (24.275 mortos, cerca de 213 mil casos), França (24.087 mortos, cerca de 169 mil casos).

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 224 mil mortos e infetou mais de 3,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório