Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Bombeiros desinfetaram lar de idosos em Braga com dezenas de infetados

Os Bombeiros Sapadores de Braga procederam hoje a uma ação de desinfeção de uma ala no Lar Asilo de São José, naquela cidade, onde já se verificaram casos de propagação de covid-19, anunciou o município.

Bombeiros desinfetaram lar de idosos em Braga com dezenas de infetados
Notícias ao Minuto

22:42 - 03/04/20 por Lusa

País Covid-19

Em comunicado, o município refere que a medida teve como objetivo "salvaguardar a segurança dos utentes".

De acordo com uma reorganização desenvolvida pela Proteção Civil, pelo delegado de saúde e pela própria instituição, a ala foi desocupada, para que a desinfeção se pudesse realizar.

Este serviço poderá vir a repetir-se noutra ala da instituição que seja desocupada.

A ação envolveu dois bombeiros no interior do lar, equipados com atomizadores, e dois bombeiros no exterior, para ajuda na descontaminação e no recarregamento dos atomizadores.

Segundo Altino Bessa, vereador da Proteção Civil, "consegue-se, desta forma, proteger uma das camadas mais vulneráveis da sociedade, os utentes e funcionários dos lares, num local onde os testes de despistagem revelaram vários casos de infeção".

"Esta foi a primeira ação de desinfeção realizada pelos Bombeiros Sapadores e será repetida noutros locais do concelho, consoante identificação dos casos prioritários pela Autoridade de Saúde e a disponibilidade da Companhia de Bombeiros para a realização dos mesmos", acrescentou.

O Asilo S. José conta com mais de 20 utentes infetados, tendo já morrido cinco idosos infetados com a covid-19.

Pelo menos 18 funcionárias também foram infetadas.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 57 mil. Dos casos de infeção, mais de 205 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 246 mortes, mais 37 do que na véspera (+17,7%), e 9.886 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 852 em relação a quinta-feira (+9,4%).

Dos infetados, 1.058 estão internados, 245 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 68 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril, depois do prolongamento aprovado na quinta-feira na Assembleia da República.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório