Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

Esta Lisboa da pandemia tem pouca vida e menos encanto

No espaço de semanas, a capital portuguesa perdeu o movimento de pessoas que a caracterizava e até os bairros históricos parecem vazios. A vida surge agora nas janelas e varandas.

Parece que vão longe os tempos em que as ruas de Lisboa estavam cheias de gente. As zonas mais icónicas da cidade estão praticamente desertas, um cenário semelhante nos bairros históricos sempre tão animados. Já não se ouve uma diversidade de línguas entre as gentes que visitavam Lisboa e percorriam os pontos mais turísticos e não só, ficou muda essa verdadeira torre de babel que marcou a cidade nos últimos anos. 

Na realidade, Lisboa perdeu som e barulhos. Mesmo aqueles menos apreciados, como era o caso do trânsito e das buzinas consequentes. 

É um cenário que poucos poderiam imaginar que se concretizasse num espaço de tempo tão curto, mas a pandemia de Covid-19 obrigou a implementação de medidas de isolamento social. 

A pouca vida nas ruas da capital migrou (temporariamente) para as janelas e varandas dos prédios, onde se descobrem agora novos conceitos de socialização, que por vezes podem ser tão simples como ficar conhecer melhor o vizinho do lado. 

Veja as imagens desta nova Lisboa, enquanto ansiamos pelo regresso da velha Lisboa, cheia de encanto. 

Em Portugal, 9.034 pessoas foram infetadas com o novo coronavírus. Morreram 209 pessoas e 68 recuperaram e tiveram alta hospitalar. Esta sexta-feira o país iniciou um novo período de mais 15 dias de Estado de Emergência. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório