Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Ovar: INEM monta hospital de campanha no Arena Dolce Vita para 100 camas

Salvador Malheiro deu a notícia através das redes sociais.

Ovar: INEM monta hospital de campanha no Arena Dolce Vita para 100 camas

O autarca de Ovar anunciou este domingo, através das redes sociais, que o INEM irá montar a partir de hoje um Hospital de Campanha no Arena Dolce Vita para 100 camas, com os respetivos equipamentos médicos e profissionais de saúde.

Salvador Malheiro recebeu também a confirmação de que a partir de amanhã, segunda-feira, estará uma equipa de médicos e enfermeiros em permanência no Lar da Santa Casa da Misericórdia, instituição onde morreu na sexta-feira um idoso devido à Covid-19. 

Numa outra publicação feita este domingo, o social-democrata lembrava que "as medidas musculadas" de combate à Covid-19, "designadamente a eliminação do contacto social, só tem reflexo prático 15 a 20 dias depois".

"O cerco sanitário em Ovar foi instalado há 11 dias", por isso, concluiu,  "os resultados de infectados e óbitos que temos tido ainda não reflectem este aspecto".

"Ainda por cima temos apostado muito nos testes.... e os infetados confirmados irão aumentar muito pela certa", antecipou, deixando uma mensagem de esperança e um apelo: "Por isso há que acreditar. Eu acredito. Mas precisamos mesmo da ajuda do Ministério da Saúde"

Este sábado, recorrendo também às redes sociais, o autarca sublinhava que Ovar "precisa de ajuda". "A Itália tem hoje [sábado] cerca de 1,5 infetados confirmados por cada mil habitantes. Portugal tem 0,5 infetados confirmados por cada mil habitantes e Ovar tem 3,5 infetados confirmados por cada mil habitantes. Itália tem hoje 150 óbitos por milhão de habitantes. Portugal tem 10 óbitos por milhão de habitantes e Ovar tem 100 óbitos por milhão de habitantes. Não é alarme. É a verdade. E a verdade é libertadora. Ovar precisa de Ajuda", apelou.

De recordar que um jovem de 14 anos residente em Ovar morreu esta madrugada no Hospital São Sebastião, em Santa Maria da Feira, na sequência de infeção por Covid-19. 

O novo coronavírus, responsável pela pandemia de Covid-19, foi detetado pela primeira vez na China em dezembro de 2019 e já infetou entretanto mais de 640.000 pessoas em todo o mundo, das quais mais de 30.000 morreram.

Em Portugal, os primeiros casos foram identificados a 2 de março e o país registava sábado 100 mortes e 5.170 infeções no país, sendo que, desses doentes, 329 estavam internados em cuidados intermédios, 89 em cuidados intensivos e 43 já foram dados como recuperados.

A 17 de março, o Governo decretou o estado de calamidade pública em Ovar e no dia 18 teve aí início um cerco sanitário que obriga ao controlo de entradas e saídas no território. No sábado contavam-se já 178 infetados e cinco óbitos - além do jovem que faleceu esta madrugada e outras eventuais vítimas - nesses territórios de 148 quilómetros quadrados e cerca e 55.400 habitantes.

Desde as 00h00 do dia 19 de março, todo o país entrou no regime de estado de emergência, o que vigorará até às 23h59 do dia 2 de abril.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório