Meteorologia

  • 03 ABRIL 2020
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 20º

Edição

Lousã corta acesso à área turística da Senhora da Piedade

O acesso ao complexo turístico e religioso da Senhora da Piedade, na Lousã, foi encerrado a partir do lugar do Cabo do Soito, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Lousã corta acesso à área turística da Senhora da Piedade
Notícias ao Minuto

16:30 - 25/03/20 por Lusa

País Covid-19

A decisão "com efeitos imediatos", assumida na terça-feira pela autarquia em articulação com a GNR, abrange a circulação de veículos e a pé, numa zona da Serra da Lousã frequentada diariamente pela população para a realização de caminhadas.

Numa comunicação aos residentes e visitantes, este município do distrito de Coimbra explica que a medida foi "motivada pela necessidade de proteção de toda a comunidade", no âmbito da estratégia de combate à propagação da pandemia da covid-19.

"Sendo certo que este é um espaço emblemático do concelho da Lousã, que normalmente atrai muitos lousanenses (...) e turistas, o tempo que vivemos obriga a uma restrição de hábitos e a redobrados esforços em prol da saúde de todos", refere.

Para a Câmara Municipal, presidida por Luís Antunes, "agora o tempo é de ficar em casa".

"A autarquia irá, diariamente, avaliar a pertinência da manutenção desta medida, bem como a eventual necessidade de proceder de forma similar relativamente a outros espaços", acrescenta, pedindo às pessoas que "cumpram escrupulosamente as indicações das autoridades".

Considerado a "sala de visitas" do concelho, o conjunto turístico da Senhora da Piedade, em plena Serra da Lousã, inclui o santuário em honra da padroeira, com diversas ermidas e área de lazer, as piscinas naturais em plena ribeira de São João e o castelo medieval, classificado como monumento nacional desde 1910.

Ainda na terça-feira, por iniciativa da autarquia, começaram a circular no concelho três viaturas com equipamento de som que exortam os munícipes a ficarem nas suas casas, ajudando assim a combater a propagação do novo coronavírus.

Em Portugal, até hoje, há 43 mortes provocadas pela pandemia, mais 10 do que na véspera, e 2.995 infeções confirmadas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório