Meteorologia

  • 01 ABRIL 2020
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Coimbra disponibiliza apoio psicoemocional para profissionais e população

O Centro de Responsabilidade Integrado (CRI) de Psiquiatria do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) disponibiliza apoio psicoemocional para profissionais e população em geral por causa da covid-19, tendo criado duas linhas telefónicas, foi hoje anunciado.

Coimbra disponibiliza apoio psicoemocional para profissionais e população

O objetivo, segundo um comunicado enviado à agência Lusa, é "diminuir o impacto, a angústia e o desespero decorrente da doença, do confinamento de algumas dessas pessoas e da dificuldade em lidar com algumas instruções mais restritivas de proteção na comunidade".

O apoio psicoemocional para os profissionais de saúde do CHUC é concretizado por uma linha de contacto interna e os doentes com covid-19 e seus familiares, pessoas em vigilância e população em geral devem contactar através do número de telemóvel 969325220.

O CRI de Psiquiatria pretende assim "ajudar as pessoas para que lidem com os sentimentos de angústia, desespero, tensão, revolta e tristeza, e contribuir para uma melhor harmonia familiar, sabendo que o confinamento pode desencadear fenómenos de tensão".

Por outro lado, destina-se a "estimular a importância de desenvolver comportamentos saudáveis e respeitadores dos outros, de forma a melhorar a interação e a ocupação do tempo".

No comunicado, o CRI de Psiquiatria adianta ainda que as consultas agendadas dos doentes seguidos nas consultas de psiquiatria ficaram sem efeito, com o psiquiatra assistente a promover o contacto telefónico com o utente (consulta não presencial).

As consultas vão ser remarcadas após este período de contingência.

O CRI de Psiquiatria informa ainda que caso o doente não tenha medicação suficiente ou necessite de entrar em contacto com um médico para qualquer problema que envolva a sua saúde mental deve fazê-lo pelo endereço eletrónico ([email protected]) ou pelo telefone 239796485, entre 10:00 e as 17:00.

"Em caso de necessidade urgente ou agravamento da situação clínica, o serviço disponibiliza ajuda telefónica entre as 10:00 e as 13:00 e das 14:00 e as 17:00, de segunda-feira a domingo, através do número de telemóvel 925958518", refere o comunicado.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 400 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 18.000.

Em Portugal, há 33 mortes e 2.362 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que regista 302 novos casos em relação a segunda-feira (mais 14,7%).

Dos infetados, 203 estão internados, 48 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 22 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Além disso, o Governo declarou no dia 17 o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório