Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Covid-19: TAP confirma voo para Bissau na quarta-feira

A TAP em Bissau confirmou hoje à Lusa a realização de um voo na quarta-feira ao final do dia e vai começar a contactar os passageiros portugueses que vão viajar naquele avião.

Covid-19: TAP confirma voo para Bissau na quarta-feira
Notícias ao Minuto

16:42 - 24/03/20 por Lusa

País Pandemia

A companhia aérea tem também em preparação mais voos para realizar esta e a próxima semana, com vista ao auxílio de cerca de 700 cidadãos portugueses e europeus que pretendem regressar a casa.

No voo de quarta-feira vão seguir pessoas que já tinham bilhetes comprados de regresso que coincidiram com o encerramento das fronteiras na Guiné-Bissau, casos médicos, grávidas e situações diversas de caráter urgente.

As autoridades da Guiné-Bissau decidiram na semana passada encerrar as fronteiras, com exceção para abastecimento de produtos de primeira necessidade e urgências médicas, no âmbito do combate ao novo coronavírus.

As autoridades encerraram também escolas públicas e privadas, mercados nacionais e todo o comércio, que não forneça bens de primeira necessidade.

Foi também decidido fechar locais de culto, nomeadamente à sexta-feira, sábado e domingo, piscinas, praias e complexos de lazer e desportivos.

A Guiné-Bissau não tem nenhum caso da covid-19 confirmado, mas tem observação cinco casos suspeitos.

Para assuntos relacionados com o surto da covid-19, os cidadãos portugueses devem contactar a Embaixada de Portugal através do email [email protected]

O Ministério dos Negócios Estrangeiros criou a linha de emergência covid-19 para apoiar cidadãos portugueses que se encontrem transitoriamente no estrangeiro. Os portugueses podem contactar o serviço através do email [email protected] ou da linha telefónica +351 217929755 entre 09:00 e as 17:00 e o Gabinete de Emergência Consular, que funciona 24 horas por dia.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 386 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 17.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente africano registou mais de 50 mortes devido ao novo coronavírus, ultrapassando os 1.700 casos em 45 países e territórios, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia da covid-19.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório