Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Há mais 86 casos confirmados em Portugal. São já 331 no total

Os números atualizados da pandemia Covid-19 foram atualizados ao início da tarde desta segunda-feira pela Direção Geral de Saúde (DGS).

Há mais 86 casos confirmados em Portugal. São já 331 no total

O Boletim Epidemiológico da DGS revelado esta segunda-feira indica que há mais 86 casos de infeção em Portugal, o que totaliza 331 infetados pelo novo coronavírus no país.

A região de Lisboa e Vale do Tejo regista, neste momento, o maior número de casos (142), à frente da região Norte (138), do Centro (31) e do Sul (13).

A DGS informa também que há 374 casos a aguardar o resultado das análises18 cadeias de transmissão ativas - mais quatro do que este domingo.

Do total de infetados, 139 estão internados, 18 deles em unidades de cuidados intensivos (UCI).

Mas há também boas notícias. A DGS confirma a recuperação de três doentes infetados pela Covid-19.

Notícias ao MinutoBoletim Epidemiológico da DGS de 16 de março© DGS

Entre os 331 doentes infetados estão um menino e uma menina com idades até aos nove anos, dez rapazes e 17 raparigas com idades entre os 10 e os 19 anos, e 38 jovens com idades entre os 20 e os 29 anos. Há ainda 12 casos de doentes infetados acima dos 80 anos e 28 entre os 70 e os 79.

Mas é, sobretudo, entre a população com idades entre os 40 e os 49 anos que se registam mais casos (68), segundo o boletim da DGS, que indica a existência de 65 casos entre os 30 e 39 anos e 52 casos entre os 50 e os 59 anos. Os restantes casos (37) são pessoas na casa dos 60 e 69 anos.

Segundo a DGS, mais de metade dos doentes positivos ao novo coronavírus apresentam como sintomas tosse (53%), febre (31%) cefaleia (19%), dores musculares (18%), fraqueza generalizada (13%) e dificuldade respiratória (9%).

Recorde-se que, na passada sexta-feira (dia 13), o Governo declarou o estado de alerta no país, colocando os meios de proteção civil e as forças e serviços de segurança em prontidão, e suspendeu as atividades letivas presenciais em todas as escolas a partir de segunda-feira, impondo restrições em estabelecimentos comerciais e transportes, entre outras.

Os governos regionais da Madeira e dos Açores decidiram impor um período de quarentena a todos os passageiros que aterrarem nos arquipélagos, enquanto o Governo da República desaconselhou as deslocações às ilhas.

De referir ainda que a nível mundial, há mais de 6.500 mortos e mais de 164 mil infetados nos 141 países e territórios, incluindo Portugal, que enfrentam esta pandemia.

[Notícia atualizada às 12h46]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório