Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2021
Tempo
22º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Covid-19: Câmara de Santarém reforça medidas de prevenção

A Câmara de Santarém decidiu adotar medidas adicionais de prevenção da Covid-19, passando a suspender, a partir de hoje, o atendimento presencial em todos os serviços municipais e nas empresas municipais, com reforço do atendimento telefónico e por correio eletrónico.

Covid-19: Câmara de Santarém reforça medidas de prevenção

Em comunicado, o município presidido por Ricardo Gonçalves afirma que se juntam novos condicionamentos às medidas já anunciadas na passada terça-feira, de suspensão da programação das Festas de S. José, que estava prevista para a próxima semana, e encerramento dos espaços culturais e das piscinas municipais.

No caso da empresa municipal Águas de Santarém, apenas se mantém o atendimento na Loja do Cidadão, "para casos imprescindíveis", encerrando, também aqui, o atendimento dos restantes serviços municipais.

Encerram igualmente todos os espaços culturais de gestão municipal (monumentos, museus, teatro, bibliotecas) e o posto de turismo, sendo suspensas todas as autorizações para utilização de espaço público, incluindo dos espaços desportivos geridos pelo município e de escolas com as quais existam acordos de utilização.

Na Loja do Cidadão, as zonas de espera passam a estar localizadas no exterior do edifício, salvo para cidadãos que apresentem limitações objetivas de mobilidade ou saúde, e o acesso ao respetivo posto de atendimento (interior de edifício) é realizado individualmente e apenas quando for o respetivo número de senha, mantendo-se o atendimento prioritário.

Ainda neste espaço, são reduzidos os postos de atendimento na Autoridade Tributária e Segurança Social, "para garantir a distância social entre trabalhadores e cidadãos", sendo que será reforçada a marcação prévia e o atendimento telefónico ou via Internet.

"Reitera-se o apelo a todos os munícipes para que possam assumir uma atitude cooperante e responsável, adotando as recomendações das entidades oficiais", refere a nota assinada por Ricardo Gonçalves.

As medidas adotadas vigoram até ao próximo dia 31, altura em que serão revistas.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou na quinta-feira o número de infetados em Portugal, que registou o maior aumento num dia (19), ao passar de 59 para 78, dos quais 69 estão internados.

A região Norte continua a ser a que regista o maior número de casos confirmados (44), seguida da Grande Lisboa (23) e das regiões Centro e do Algarve, ambas com cinco casos confirmados da doença.

O boletim divulgado na quinta-feira assinala também que há 133 casos a aguardar resultado laboratorial e 4.923 contactos em vigilância, mais 1.857 do que na quarta-feira.

No total, desde o início da epidemia, a DGS registou 637 casos suspeitos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório