Meteorologia

  • 09 ABRIL 2020
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Morreu Laura Ferreira, a mulher de Pedro Passos Coelho

Laura Ferreira morreu esta madrugada no IPO, em Lisboa.

Morreu Laura Ferreira, a mulher de Pedro Passos Coelho

A mulher do ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, Laura Ferreira, morreu na madrugada desta terça-feira, no IPO de Lisboa. Laura Ferreira, de 54 anos e fisioterapeuta de formação, lutava contra um cancro há sensivelmente cinco anos.

Entretanto, fonte oficial do PSD confirmou à agência Lusa a informação da morte de Laura Ferreira, avançada num primeiro momento pela SIC Notícias. "É verdade, foi durante a noite", indicou a mesma fonte.

A fisioterapeuta nasceu na Guiné-Bissau, mas na sua juventude viveu também em Cabo Verde. Laura Maria Garcês Ferreira casou com Pedro Passos Coelho em 2004. Em 2015, foi publicada uma biografia autorizada do casal, em que Laura Ferreira contava um pouco do dia a dia da família do então primeiro-ministro.

Em janeiro de 2015, recorde-se, Passos Coelho, à data ainda primeiro-ministro, confirmava a doença da mulher - um osteossarcoma. "Como se tornou do conhecimento público recentemente, e para evitar mais especulações sobre este assunto, confirmo que foi diagnosticado à minha mulher, Laura Ferreira, um problema do foro oncológico que está a ser devidamente acompanhado", referia o ex-primeiro-ministro, numa nota pessoal enviada à agência Lusa.

Já em novembro de 2015, depois de Passos Coelho deixar o cargo de líder do governo, seria Laura Ferreira, feliz por ter o seu marido "de volta", a comentar o próprio estado de saúde. “Tenho muita esperança que sim, que esteja melhor, e penso que isso é fundamental. Mantermos a positividade e rodearmo-nos de pessoas que gostam de nós, a família e os amigos são fundamentais”, dizia, na altura.

“Aproveito para deixar um voto de esperança a todas as pessoas que estejam a passar por momentos mais complicados. Desistir nunca é solução. Devemos apoiar-nos sempre em que nos ama”, declarava.

As reações à morte de Laura Ferreira têm-se multiplicado. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, enaltece o "traço de humanidade" da mulher de Passos Coelho, apresentando "as mais sentidas e amigas condolências" ao também ex-líder do PSD, "neste momento de enorme perda da sua mulher".

Por sua vez, António Costa salienta a "preserverança e resiliência" de Laura Ferreira. "Todo o país acompanhou, solidário, o combate que Laura Ferreira travou contra a doença e a sua enorme demonstração de perseverança e resiliência. Neste momento de dor, em que se despede da sua mulher, quero expressar a Pedro Passos Coelho as minhas sinceras condolências", escreveu o atual primeiro-ministro no Twitter.

Já o PSD recorda Laura Ferreira como uma figura muito acarinhada e que deixa saudades. Também o líder social-democrata, Rui Rio, lamenta morte de Laura Ferreira, deixando um "abraço solidário" a Pedro Passos Coelho.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório