Meteorologia

  • 28 MAIO 2020
Tempo
30º
MIN 20º MÁX 33º

Edição

Associação quer reunir 4 mil assinaturas para fechar aterro em Valongo

A Associação Jornada Principal (AJP) pretende reunir quatro mil assinaturas para entregar na Assembleia da República uma petição pelo encerramento do aterro de Sobrado, em Valongo, e para outras ações impactantes de protesto público, foi hoje anunciado.

Associação quer reunir 4 mil assinaturas para fechar aterro em Valongo
Notícias ao Minuto

15:45 - 05/02/20 por Lusa

País Valongo

A posição da associação que nos últimos meses tem denunciado alegados crimes ambientais provocados pela empresa Recivalongo surge um dia após o ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, ter anunciado que a taxa de gestão de resíduos vai duplicar, considerando inadmissível ser mais barato mandar resíduos para aterro do que reciclar.

Reunida em Assembleia-Geral, a AJP garantiu que "não cruzará os braços" enquanto "não houver resultados das intenções anunciadas pelo Ministério do Ambiente", prometendo "endurecer a luta" até ao "encerramento definitivo do aterro".

Na reunião magna, que decorreu na segunda-feira, foram ainda decididas várias ações a implementar em 2020, que "passam pelo alargamento das sessões de esclarecimento a vários públicos, designadamente escolas, associações e empresas", bem como "um debate sobre o impacto do aterro no mercado imobiliário de Sobrado".

Entre as medidas de alerta e de sensibilização, a AJP pretende também "vestir Sobrado de Negro, através da colocação de lonas alusivas à perigosidade do aterro" em 2020.

A associação decidiu ainda intensificar ações junto das entidades responsáveis e autoridades de fiscalização do Ministério do Ambiente, Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT), Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional-Norte (CCDR-N) e Agência Portuguesa do Ambiente (APA), para que se intensifique a fiscalização, designadamente das águas residuais e superficiais e dos camiões que transportam os resíduos.

Será também solicitado ao Agrupamento de Centro de Saúde (ACES) Maia-Valongo "um esclarecimento formal relativo às consequências de picadas de mosquitos e da presença de pragas de roedores e insetos relacionados com o aterro".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório