Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Advogada com cancro deu à luz bebé saudável. Não tem é direito a baixa

Sandra descobriu que tinha cancro da mama no início da gravidez e desde aí fez quimioterapia. Esta terça-feira deu à luz e de seguida foi operada.

Advogada com cancro deu à luz bebé saudável. Não tem é direito a baixa

Sandra Rocha, uma advogada portuguesa com cancro da mama já com metástases deu à luz, esta terça-feira, um bebé saudável, com mais de 3 kg, chamado Rafael.

Conta a TVI que a mulher, de 40 anos, teve uma gravidez de risco devido à doença. O diagnóstico de cancro da mama surgiu pouco depois de saber que estava grávida. Desde aí, faz quimioterapia todas as semanas.

Esta terça-feira, no mesmo dia em que teve o primeiro filho, Sandra foi operada para realizar um procedimento de remoção de células cancerígenas do tecido mamário.

Ainda não se sabe o resultado da cirurgia. O que se sabe é que, durante estes meses, apesar de descontar há mais de 11 anos para a Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores (CPAS), a doente oncológica não recebeu qualquer apoio social, mesmo tendo pago mais de 21 mil euros em contribuições à CPAS.

Como é profissional liberal, Sandra não tem direito a descontar para a Segurança Social. Está assim sob tutela social da CPAS, a quem tem de pagar 230 euros mensais, mesmo que não tenha rendimentos.

Questionada sobre esta situação, a CPAS disse, ao canal de Queluz, que a sua finalidade primeira é a atribuição de pensões de reforma, subsídios de invalidez, morte ou sobrevivência e não pagar baixas. Contudo, garante que já atribui alguns apoios de cariz assistencialista.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório