Meteorologia

  • 29 OUTUBRO 2020
Tempo
16º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Uso e estacionamento abusivo de trotinetes chegam a Braga

O movimento cívico 'Braga para Todos' registou, até ao momento, mais de 17 queixas sobre uso abusivo de trotinetes de bracarenses.

Os problemas com trotinetes eléctricas chegaram a Braga. Trotinetes abandonadas nos passeios ou em locais inapropriados são a principal queixa dos bracarenses, denuncia o movimento cívico 'Braga para Todos', que recebeu quase duas dezenas de denúncias desde o dia 19 de agosto deste ano - data em que trotinetes eléctricas começaram a circular na cidade. 

"O movimento alerta que o facto de as pessoas não respeitarem as normas referentes à conclusão da viagem, que prevê que estas sejam estacionadas em áreas para o efeito, leva a situações incómodas como:  condicionar a deslocação nos passeios por pessoas de mobilidade reduzida e transforma a cidade num local pouco organizado", destaca o comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

Perante este cenário, o movimento defende que a Câmara Municipal de Braga "estabeleça diálogo" com a Circ - empresa detentora das trotinetes - para que seja desenvolvido um "método de controle mais eficaz".

O 'Braga para Todos' recorda que as queixas que recebeu da população denunciam situações, maioritariamente, destes veículos estacionados indevidamente "nas entradas para as suas  residências" ou "espaços comerciais".

Desde o verão temos recebido vários contactos de  bracarenses, por norma acompanhados de fotos que mostram com há comportamento errado por parte dos  utilizadores das trotinetes", reforçou Luís Pinto membro do movimento, acrescentando que cada vez mais também têm sido reportadas casos mais graves: "No domingo uma estava na Rua dos Chãos em cima de um contentor, outras em jardins e ainda vandalizadas". 

O responsável defende ainda que "as trotinetes são somente um negócio temporário e lucrativo", que complica "a vida dos bracarenses e a sua própria segurança face aos abusos de muitos utilizadores que vão contra peões”.

Já João Reis, responsável pela Circ, defende, em declarações ao Notícias ao Minuto, que "as trotinetes em Braga têm tido uma enorme aceitação por parte da população". Desde que iniciou a atividade, a empresa já contabilizou "mais de 25 mil km [percorridos] em trotinete na cidade"

Assegura ainda o responsável que a empresa tem "tido um diálogo diário com a Câmara de Braga", aproveitando a oportunidade para enaltecer "a vereação com o pelouro da mobilidade que compartilha da nossa visão de que é necessário promover novos modos de transporte na cidade que se tornem opções ao carro". 

Recentemente, acrescenta ainda, "a Câmara Municipal de Braga alargou os pontos de estacionamento preferenciais e está focada em dar mais opções de estacionamento para quem usa trotinetes. Apesar de não ser obrigatório estacionar nestes pontos de estacionamento, mais de 30% dos nossos utilizadores estacionam as trotinetes CIRC nos pontos e acreditamos que quanto mais opções existirem na cidade, esta percentagem aumentará. A CIRC é a única empresa de trotinetes em Portugal a incentivar o estacionamento correto, dando 0.50 cêntimos na próxima viagem caso os utilizadores estacionem correctamente". 

Garante a CIRC que não tem registado "queixas por parte da população bracarense", recebendo, isso sim, "pedidos para alargar o perímetro de disponibilização de trotinetes, mesmo nos concelhos vizinhos. Ainda assim, de registar que temos notado um número anormal de vandalismo para os padrões em Portugal". 

[Notícia atualizada às 20h26]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório